Camila Esposte
Láuriston Pinheiro

Fome de cashback

Modelo é nova aposta para fidelizar consumidores no varejo de alimentos online.

 

 

A mudança de comportamento  do consumidor causada pela pandemia fez crescer em 47% o volume de compras online.

Somente no terceiro trimestrede 2020, foram 4,7 milhões de novos usuários, número 60% superior ao registrado no mesmo período de 2019, segundo dados da pesquisa Neotrust | Compre & Confie.

O estudo  apontou que um dos setores que mais cresceram foi o varejo de alimentos e bebidas, segmento que também lidera o ranking quando o assunto é o uso de cashback, modelo em que, ao efetuar uma compra nos sites parceiros, o consumidor recebe de volta parte do valor pago.

Veja também  Para promover chegada ao Nordeste, Buser leva ônibus inflável de 4 metros de altura a Salvador e João Pessoa

Segundo a pesquisa “2020 Global Casback Report”, feita com base nas informações dos principais líderes globais de cashback, a modalidade de reembolso gerou aumento de 3,4 vezes na taxa de conversão e de 46% no valor médio de cada pedido realizado pela internet em todo o mundo.

Fonte: Mercado e Consumo