Camila Esposte
Láuriston Pinheiro

Ac boost divulga a lista de startups aprovadas em programa de impulsionamento

Entre mais de 200 empresas inscritas, Startup de João Pessoa é uma das escolhidas em projeto da Associação Comercial de São Paulo

Startup de João Pessoa é aprovada em programa de impulsionamento da Associação Comercial de São Paulo. Foto: divulgação

Com mais de duas centenas de inscrições na fase inicial, o programa Ac boost, criado pelo Conselho de Inovação (Conin) da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), comemora a importante marca alcançada em sua primeira edição.

Entre as Startups selecionadas, está a empresa paraibana Abracadabra,  consultoria Financeira Online, que tem como objetivo organizar a informação financeira das empresas de forma simples e objetiva.

 

Ac boost

Voltado ao impulsionamento de startups, o Ac boost se destaca pela forma inovadora de atuar. “Não definimos o Ac boost como aceleradora ou incubadora, porque vamos muito além disso”, menciona Alessandra Andrade, coordenadora do Conin e vice-presidente da ACSP.

O programa tem como objetivo preparar startups para as suas próximas fases de desenvolvimento, através de toda a solidez e tradição da Associação Comercial de São Paulo somadas à modernidade e tecnologia que são a essência do Conin.

Tânia Gomes Luz, head do Ac boost e conselheira de inovação da ACSP, dá mais detalhes sobre a seleção dos empreendimentos que irão para a próxima fase do programa.

Veja também  Finalista em 16 categorias, Globo leva sete prêmios no New York Festival.

“Tivemos a missão de selecionar, entre as mais de 200 inscritas, as 20 startups que seguirão em frente no processo. Foi uma tarefa árdua pois recebemos pitchs de muita qualidade e potencial.

As selecionadas entram na próxima fase, em que passarão por uma avaliação do Sebrae-SP para um diagnóstico acurado sobre o que necessitam no exato momento em que estão”.

 

Próximos passos para as startups

Tânia explica que as próximas fases serão decisivas para o relacionamento das startups com o ecossistema. “Vamos conectar os empreendedores com uma ampla rede de consultores, mentores, investidores, parceiros corporativos e governamentais, ou a qualquer que seja o impulso que a startup precise para se destacar”.

As startups selecionadas para a segunda fase do Ac boost se posicionam em segmentos como tecnologia, educação, ciência de dados, saúde, jurídico, marketing, turismo e finanças, entre outros.