Camila Esposte
Láuriston Pinheiro

Natura aposta em startups para ampliar ecossistema de bem-estar

Incubada pelo programa Natura Startups, Naomm nasceu com a proposta de simplificar o acesso do público a Práticas Integrativas e Complementares (PICS) por meio de plataforma 100% online com terapeutas selecionados.

Para a Naomm, o diferencial do serviço está na certificação dos terapeutas que fazem parte da rede. Foto; Tim Mossholder / Unsplash

Com a chegada da pandemia e a imposição do distanciamento social, o cuidado com o bem-estar tornou-se cada vez mais importante.

Pensando nisso, a Natura vem apostando no ecossistema de inovação para ampliar a oferta de soluções voltadas à promoção da saúde emocional de sua rede de relações.

Uma delas é a Naomm, startup que conecta clientes a uma curadoria de terapeutas de Práticas Integrativas e Complementares (PICS).

Desde o início de 2020, a plataforma online conta com mais de 40 tipos de práticas e já registrou mais de 2 mil usuários cadastrados, viabilizando diversos tipos de terapias, como yoga, meditação e terapia do som.

Para a Naomm, o diferencial do serviço está na certificação dos terapeutas que fazem parte da rede. “Garantimos profissionais altamente qualificados, com um número de horas relevantes na prática e com formação em escolas reconhecidas do mercado das PICs.

Essa curadoria cuidadosa se reflete no NPS [Net Promoter Score] de 93% de satisfação do nosso público com as consultas”, afirma Laura Mariani, líder de Qualidade e Curadoria da Naomm.

O mercado de teleconsultas se mantém aquecido desde o início da pandemia. Segundo dados da Associação Brasileira de Plano de Saúde (Abramge), mais de 2,5 milhões de atendimentos online foram realizados no período de abril de 2020 a maio de 2021.

Aulas e terapias realizadas online têm seguido a mesma tendência de crescimento.

“O atendimento remoto provou ser um formato muito efetivo, pois amplia a oportunidade de acesso às PICs. Qualquer pessoa com internet pode desfrutar de sessões remotas, independentemente de sua localidade, com resultados reais”, explica Laura.

Veja também  Sicredi lança portal para receber inscrições de startups interessadas em contribuir com seu negócio

“Para os terapeutas da Naomm, o nosso serviço também é vantajoso, já que, além de terem acesso à nossa base de clientes, incluindo pessoas físicas e empresas, contam com apoio para gestão de agenda e suporte técnico, além de outros benefícios, como descontos para sessões com profissionais da própria rede”, acrescenta.

A Naomm é fruto do Programa CorageN, da Natura, realizado em 2018 para atrair talentos com DNA empreendedor. Por meio de um processo de seleção que dispensou currículos, pessoas de trajetórias e perfis diversos foram contratadas para participar de um programa imersivo com duração de 20 meses.

Após um projeto piloto de sucesso, a Naomm foi incubada pelo programa Natura Startups, que desde 2016 atua como porta de entrada de inovação aberta na companhia, conectando empreendedores aos desafios de negócio e entregando métodos e facilidades para que as conexões sejam bem-sucedidas.

Até hoje, o Natura Startups já analisou mais de 5 mil startups, interagiu com mais de mil, realizou testes com mais de cem e firmou parceria com mais de 40. 

“Trabalhamos no modelo de inovação aberta há mais de 20 anos e temos no ecossistema inovador um grande aliado para criar soluções aos desafios de negócio e oferecer serviços e produtos disruptivos que gerem impacto positivo para as pessoas e o meio ambiente.

Startups como a Naomm nos ajudam a disseminar o propósito da Natura de levar beleza e bem-estar por meio das relações”, afirma Luciano Abrantes, Chief Technology Officer (CTO) e Inovação Digital da Natura &Co América Latina.