Camila Esposte
Láuriston Pinheiro

Morada da Paz implanta programa de licenças-maternidade e paternidade estendidas

Iniciativa faz parte da atualização interna da Política de Respeito à Vida, que preza pela promoção de práticas baseadas na equidade e no fortalecimento dos vínculos afetivos nas famílias dos colaboradores

As licenças dos colaboradores são de 120 dias para licença-maternidade, que se estendem por mais 60 para as participantes da capacitação. Já aos homens é concedida uma licença de 5 dias, que se estendem a 20 para os que participarem do evento. Foto: divulgação

O cemitério, crematório e funerária Morada da Paz, empresa com certificação Great Place To Work (Melhores Empresas para se Trabalhar, em tradução literal), promoverá nesta terça-feira (8) o “Encontro de Maternidade e Paternidade Responsáveis”.

O evento objetiva contribuir com o processo de construção de vínculos afetivos entre crianças e seus responsáveis e concederá expansão dos dias de licença-maternidade e paternidade aos colaboradores participantes.

O Morada da Paz possui unidades situadas no Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco. Assim, o evento ocorrerá para os três estados. No RN, será sediado em Natal, na sede corporativa do Morada da Paz, localizada no Tirol. Já para os times de PE e PB, o momento acontecerá por meio de videoconferência.

Segundo Eudes Rocha, gerente de Gente & Gestão do Grupo Morada, o Departamento Pessoal da empresa está atualizando sua Política de Respeito à Vida, possibilitando o prolongamento do período das licenças com exclusividade para os participantes do encontro.

Veja também  Feira Construcon 2022 traz exposições e congresso para profissionais e estudantes

Ele revela que a organização, ciente da relevância da responsabilidade social nas empresas, preza pela promoção de práticas e políticas baseadas na equidade.

As licenças dos colaboradores são de 120 dias para licença-maternidade, que se estendem por mais 60 para as participantes da capacitação. Já aos homens é concedida uma licença de 5 dias, que se estendem a 20 para os que participarem do evento.

“Uma vez que entendemos a importância desse direito para a saúde e o desenvolvimento das famílias. Diante dessa realidade, o encontro possibilitará que esses períodos se tornem mais longos e, portanto, reforça o nosso compromisso com as políticas de apoio às famílias”, detalha Eudes.