Tininha vence primeira etapa do Brasil Surf Pro, em PE

Paraibana Diana Cristina ignorou as dificuldades de patrocínio que passa e superou, na decisão feminina, da abertura Brasil Surf Pro, na Praia do Cupe, Ipojuca.

Chico Padilha
Especial para o Paraíba1

A paraibana Diana Cristina, a Tininha, partindo da sua cidade, a Baia da Traição, ignorou todas as dificuldades de patrocínio que passa e superou, na decisão feminina, da abertura Brasil Surf Pro, na Praia do Cupe, Ipojuca, Pernambuco, a maior experiência da cearense Tita Tavares e largou na frente na primeira das cinco etapas onde buscará ascender de vice a campeã brasileira absoluta.

No masculino, a Paraíba garantiu pódio também, o pessoense Jano Belo, largando da segunda fase, foi o único entre 48 atletas a se juntar a um trio oriundo dos “ Top 16”, os dezesseis melhores de estréia no round três, um deles Thomas Hermes, catarinense que o venceu para em seguida repetir o que fizera Tininha trinta minutos antes: emendar vitória na etapa final da temporada passada com largada na frente em 2011, na qual Jano largou com um bom terceiro lugar entre totais sessenta e quatro competidores da categoria.

Veja também  Hulk lamenta eliminação do Atlético-MG na Libertadores e elogia técnico Abel Ferreira, do Palmeiras

Curiosamente, a terceira posição de Jano é a mesma que a seleção paraibana de base, da qual ele e Tininha foram integrantes quando menores, ocupa no ranking de seleções, com nomes se destacando já na iniciante, a exemplo de Jonas Pereira, o Marretinha, que soma ao lado de nomes mais experientes como Elivelton Santos, de quinze anos, e José Francisco Fininho, com Alexandre Palitot, da PBSurf confiante de os levar ás poderosas ondas de Itaúna, Saquarema, Rio de Janeiro, para a difícil terceira de quatro etapas em pleno dia do aniversário do estado e da capital, cinco de agosto.