Arrancada para o título

Criciúma tira a liderança do Vitória e volta a ser o ponteiro da Série B, agora restando oito jogos em disputa.

Depois de dez rodadas, o Criciúma tirou a liderança do Vitória e voltou a ser o ponteiro da Série B, agora restando oito jogos em disputa. Animado pelas cinco vitórias consecutivas no Brasileiro, o time de Santa Catarina tenta ratificar sua posição nesta terça-feira, às 21h50 (de Brasília), no Heriberto Hulse, diante do ameaçado ABC.

Apesar da subida na tabela após a goleada sobre o Boa, o técnico Paulo Comelli ainda considera que sua equipe precisa encerrar o primeiro objetivo: garantir a ida para a Série A.

“Não conseguimos nada ainda. Pelos meus cálculos faltam mais oito pontos para chegar entre os quatro primeiros colocados”, afirmou.

Para esta partida, Comelli conta com duas voltas: o volante Fransérgio e o zagueiro Matheus Ferraz têm novamente condições de jogo, após cumprirem suspensão automática.

Válber, ainda com dores na coxa, por sua vez, segue vetado pelo departamento médico. Ele se junta a Rodrigo Possebon como desfalque, este por acúmulo de cartões amarelos.

Veja também  Botafogo-PB anuncia renovação com o meia Esquerdinha, quinto nome confirmado pelo clube

Em situação oposta à do líder, o ABC não vence há três jogos.

Com 33 pontos em 29 partidas, o time potiguar tem seis de vantagem para o Bragantino, primeiro clube dentro da zona de rebaixamento. Apesar do atual jejum, o técnico Ademir Fonseca ainda mantém a confiança de que é possível roubar pontos do atual ponteiro.

“Temos que estudar jogo a jogo. Contra os times de cima sempre será difícil. Eles brigam no bloco de cima e nós no de baixo da tabela. Mas ainda temos esperança, mesmo fora de casa, que podemos ganhar pontos contra esses times”, decretou o comandante.