Secretário de Saúde vai abrir debate sobre convidados nos jogos de Botafogo-PB e Campinense

Caso haja consenso entre as partes, 1.000 convidados poderão estar presentes nas arquibancadas dos estádios Almeidão e Amigão.

Secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros

A tarde desta quinta-feira será crucial para as pretensões de Botafogo-PB e Campinense em viabilizar o retorno gradativo de seu torcedor às arquibancadas do Almeidão, em João Pessoa, e do Amigão, em Campina Grande. Isso porque logo mais às 15h, os representantes dos clubes se reunirão com as autoridades sanitárias estaduais, onde será discutido, através de videoconferência, a presença de até 1.000 convidados para as próximas partidas com mando de campo das equipes nas Séries C e D do Brasileirão.

A informação da reunião foi confirmada à imprensa pelo secretário de saúde da Paraíba, Geraldo Antônio Medeiros. Caso seja aprovada, a ideia é que seja repetido o que foi visto nos amistosos da Seleção feminina contra a Argentina na Paraíba, quando no primeiro encontro entre as rivais, no Estádio Amigão, 400 convidados da CBF, FPF e atletas estiveram presentes nas arquibancadas. Nos mesmos moldes, na última segunda-feira, 700 convidados estiveram presentes no Almeidão, em João Pessoa. Naquela ocasião, todos os presentes precisaram apresentar exames de detecção da Covid-19 do tipo RT-PCR com resultado negativo, assim como foi obrigatório o uso de máscaras, aferição de temperatura e distanciamento social de, no mínimo, 1,5m.

Campinense
Foto: Samy Oliveira / Campinense

No caso do Campinense, caso essa liberação seja autorizada, os convidados já poderão se fazer presentes no Amigão na partida do próximo sábado, quando a Raposa encara, às 15h, o Guarany de Sobral, pela partida de ida das oitavas de final da Série D do Campeonato Brasileiro. A competição, a propósito, recebeu autorização da entidade máxima do futebol brasileiro para receber público com venda de ingressos já a partir dessa fase. No entanto, para a comercialização das entradas, seria necessária a autorização das autoridades locais, assim como o consenso dos dois times para receber público em ambas as partidas, levando em consideração o chamado equilíbrio técnico, não permitindo assim que apenas um dos clubes possa ter torcida no seu estádio nos confrontos de ida e volta. O Cacique do Vale, no entanto, enviou ofício à Federação Cearense de Futebol (FCF), abrindo mão deste benefício.

Veja também  Intermares vai sediar circuito brasileiro de surfe a partir desta quinta-feira

A situação do Botafogo-PB, por sua vez, é uma incógnita, uma vez que não há sequer partidas confirmadas do Belo na sequência da Terceirona. Para se beneficiar dessa eventual liberação para convidados, o Alvinegro pessoense precisa se classificar para a próxima fase da competição. A equipe de Gerson Gusmão encara o já rebaixado Santa Cruz neste sábado, às 17h, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, e depende apenas de uma vitória para seguir vivo na Série C. Em caso de empate ou derrota, a equipe passa a depender de uma combinação de resultados para ir à segunda fase do certame.