Campinense conquista vantagem para o jogo da volta, mas técnico quer vitória fora de casa

Vitória por 2 a 1 diante do Guarany deu ao Rubro-Negro a chance de jogar pelo empate, no jogo decisivo do segundo mata-mata da série D

(Foto: Samy Oliveira/Campinense)

No último sábado o Campinense venceu o Guarany de Sobral pelo placar de 2 a 1, no Estádio Amigão, e conseguiu a vantagem de jogar pelo empate no jogo da volta, que acontece no próximo domingo, no Estádio do Junco. Mesmo ciente da vantagem adquirida, o técnico da Raposa, Ranielle Ribeiro, quer partir para buscar a vitória, contra um time que não perdeu uma única partida em casa, nesta Série D.

A Raposa enfrentou um Cacique do Vale muito fechado, esperando brechas para encontrar os contra ataques, o que aconteceu várias vezes durante o jogo. O Campinense tentava quebrar a defensiva do visitante, mas encontrava dificuldades.

O gol que garantiu a vitória do Rubro-Negro de Campina Grande, nos acréscimos do segundo tempo, veio de uma belíssima jogada individual de Matheus Régis, que deixou três adversários para trás, invadiu a área e chutou colocado. Ranielle Ribeiro afirmou que falou sobre as jogadas individuais ainda durante a preleção, o que acabou definindo a partida.

– Eu falava para eles durante a preleção sobre todo movimento que nós treinamos, as manobras que nós organizamos para serem realizadas no jogo, mas que uma hora ou outra iria culminar uma situação individual, do um contra um, de desestabilizar a marcação. Foi assim com o Matheus, em cima de sua característica de velocidade, de ir para dentro. Agora a coisa inverte, aqui em Campina Grande o Sobral não deu espaço, lá nós vamos ter campo para trabalhar, porque eles vão ter que sair para jogar e cabe a nós explorarmos esses espaços – disse o técnico.

Veja também  Phelipe Cordeiro descarta reeleição, e Danylo Maia ganha força para sucessão no Campinense

 

Ranielle Ribeiro, técnico do Campinense | Foto: Samy Oliveira / Campinense

 

O jogo decisivo que definirá quem avança para o mata-mata do acesso acontece no próximo domingo, no Estádio do Junco, em Sobral, e o Campinense tem a vantagem de jogar pelo empate para garantir a classificação. Mesmo ciente dessa vantagem construída, o técnico Ranielle pensa em ir para buscar uma vitória, e partir para buscar os espaços que o adversário dará. Vale lembrar que o Guarany ainda não perdeu uma única partida jogando em casa, nesta Série D.

– Temos o início da semana pra descansar, para recuperar os atletas, e trabalhar forte. Sabemos da dificuldade que vai ser jogar lá em Sobral com o calor e contra uma grande equipe, mas também sabemos que construímos uma vantagem muito favorável, mas é trabalhar não só em cima da vantagem, é ir lá e fazer um jogo sólido e em busca de fazer um resultado positivo lá dentro – finalizou Ranielle.

Neste domingo o elenco do Campinense tem folga, voltando aos trabalhos no Renatão na tarde desta segunda-feira. O confronto decisivo com o Guarany acontece no próximo domingo, no Estádio do Junco, em Sobral, às 15h.