Sabugy inicia pré-temporada e jogará Segunda Divisão do Paraibano em Campina Grande

Jogos do Gavião do Vale serão no Estádio Amigão. O técnico será o ex-atacante pernambucano Gerúsio da Luz, 66 anos

(Foto: Divulgação/Sabugy)

Prestes à embarcar em uma nova disputa pelo Paraibano da Segunda Divisão, o Sabugy começou os trabalhos de pré-temporada em uma nova sede: Campina Grande. Na terça-feira (12), a diretoria apresentou a comissão técnica e alguns jogadores que farão parte do elenco do Gavião do Vale na temporada deste ano. O Sabugy está no Grupo B, junto com Serrano, Picuiense, Queimadense e Sport Lagoa Seca. Sua estreia será apenas na segunda rodada, diante da Picuiense.

O técnico será o pernambucano Gerúsio da Luz, 66 anos. Ex-atacante, iniciou a carreira como jogador do Sport, passando por outros clubes como Flamengo e Auto Esporte-PB. Já como treinador, coleciona passagens por Vitória-PE, Colatina-ES, Bom Jesus-AL, Barreiros-PE, Cabense-PE, Ferroviário do Cabo e Ipojuca-PE.

Técnico Gerúsio da Luz
Técnico Gerúsio da Luz (Foto: Acervo pessoal)

Entre os jogadores, destaque para três garotos formados nas categorias de base do Sabugy: Matheus (goleiro), Felipe Ramon (zagueiro) e Lalinha (atacante).

Veja também  Queimadense abre inscrições de peneira para as categorias de base, de olho na temporada 2022

A grande novidade para esta temporada é a parceria feita com a empresa JK Sport Transfer, que será responsável pela gestão do futebol do Sabugy nesta Segundona. Os jogos do time serão disputados no Estádio Amigão, em Campina Grande e os treinos acontecerão em um centro de treinamento localizado na saída para a cidade de Massaranduba, além da Vila Olímpica Plínio Lemos, no bairro José Pinheiro.

Segundo o presidente do clube, Malaquias Filho, o Sabugy optou pela mudança, por causa da indisponibilidade de praças esportivas que pudessem receber os jogos do time na região de Santa Luzia, cidade-sede do Gavião. O Estádio Machadão, de propriedade do alvinegro, não tem condições de receber jogos da Segunda Divisão.

Outra opção era o Estádio José Cavalcanti, mas com a desistência do Esporte de Patos, também não houve possibilidade de liberação para que apenas o Sabugy jogasse.