Em caso de acesso para a Série C, elenco do Campinense receberá mais de R$ 190 mil de torcedores

Arrecadação também foi feita no Campeonato Paraibano. Vitória no próximo sábado irá coroar a temporada de 2021 com a passagem para a terceira divisão.

Time do Campinense comemorando a classificação em Sobral | Foto: Samy Oliveira / Campinense

Neste sábado o Campinense enfrenta o América-RN, no Amigão, às 17h30, em partida que vale uma vaga na Série C do Campeonato Brasileiro do ano que vem. Como incentivo para os atletas e comissão técnica, a torcida do Rubro-Negro se uniu para arrecadar o famigerado “bicho”, que até a última parcial já contabilizava mais de R$ 190 mil.

Este ano é a segunda vez que o mesmo grupo, encabeçado pelo torcedor Eriberto Nery, tem a iniciativa do bicho. A primeira oportunidade foi no Campeonato Paraibano, onde foi arrecadado R$ 102 mil como incentivo para a conquista do título. A quantia foi entregue dias depois ao capitão do time, o volante Rafinha, para ser dividida entre o elenco e a comissão técnica.

 

Foto: Samy Oliveira / Campinense

 

A organização do bicho funciona da seguinte forma: através de um aplicativo de mensagens os torcedores informam com quanto poderão contribuir, as doações vão de pequenos valores, até grandes quantias, com até R$ 10 mil sendo dado por uma única pessoa. Só depois que o objetivo é alcançado que começa de fato a arrecadação, que segundo os organizadores, funciona muito bem.

“Dá certo, é muito difícil alguém prometer e não pagar. Temos um grupo muito forte com mais de 200 participantes, começamos a fazer esse bicho no primeiro mata-mata. Quem quer participar e não faz parte do grupo, me procura ou procura algo alguém que esteja participando. Pra ter uma ideia como isso vai longe, pessoas de outras cidades me procuram”, explicou Eriberto.

Veja também  Pedal Cooperativo: Campina Grande sedia evento solidário

O organizador admitiu que esperava uma quantia bem maior para esse bicho do acesso, tendo como base o arrecadado no Campeonato Paraibano.

“Nós esperávamos bem mais. No paraibano era algo desacreditado, agora na Série D vimos a evolução do time, a condição para subir e esperávamos pelo menos R$ 200 mil até o dia do jogo. Mas vamos esperar, ainda temos dois dias e muita gente está nos procurando”, disse.

Entre esses valores constam R$ 10 mil, doados por Múcio Fernandes, presidente do São paulo Crystal, já que a equipe será diretamente beneficiada com um possível acesso do Rubro-Negro, herdando a vaga na Série D do ano que vem. Segundo Múcio, a doação será feita por ele, e não pelo clube.

De acordo com os organizadores do bicho, essa arrecadação é apenas pelo acesso, que caso aconteça, o valor será entregue na sexta-feira da semana que vem. Depois disso será iniciado um novo bicho, para incentivar a conquista do título Brasileiro.