Vitor Felipe/Renato vira sensação após conquistas de duas das três etapas do Circuito Brasileiro

Dupla lidera a temporada 2021 no vôlei de praia depois de faturar dois ouros e um bronze até então. No último domingo, a vitória consistente foi sobre Alison/Guto, no Rio de Janeiro.

(Foto: William Lucas / Inovafoto/ CBV)

A grande fase vivida pela dupla Vitor Felipe/Renato já tem rendido bons frutos. Afinal de contas, para uma parceria firmada em maio, a liderança do Circuito Brasileiro de vôlei de praia 2021, até então, é até mais que o esperado. No último domingo, o paraibano e o paraense radicado na Paraíba derrotaram Alison/Guto para chegar ao lugar mais alto do pódio na terceira etapa da competição. Por sinal, em três etapas realizadas, foram dois ouros e um bronze.

O rendimento para lá de consistente tem deixado a dupla muito empolgada. Por sinal, contra Alison/Guto, o desempenho foi bastante regular, conseguindo reagir ao longo dos dois sets e administrar a vitória.

— Estou muito feliz com esse título, nosso segundo em três etapas. É um começo de temporada muito bom para nossa dupla, que é nova, mas com objetivos muito grandes. Espero que a gente continue evoluindo e conquistando mais títulos — comentou Renato.

Vitor Felipe e Renato Andrew acertaram a parceria em maio deste ano. O primeiro é paraibano de João Pessoa, enquanto o segundo é paraense de Belém, mas mora na capital paraibana há 15 anos. No Circuito Brasileiro, eles estão conseguindo grandes feitos, já venceram duas de três etapas e também faturaram um bronze. É com esse rendimento que eles lideram a classificação.

Vitor Felipe e Renato firmaram parceria em maio de 2021
Vitor Felipe e Renato firmaram parceria em maio e já se tornaram sensação da temporada (Foto: William Lucas / Inovafoto / CBV)

Sobre a vitória do último domingo, Renato garantiu que não foi nada fácil, principalmente a chuva que apertou durante a partida, o que aumentou a responsabilidade principalmente na questão física.

— Acredito que soubemos lidar melhor com as dificuldades e adversidades, principalmente a chuva que atrapalha muito no nosso esporte. Além disso, o jogo foi muito cansativo, com muitos rallys, apesar de não estar muito calor. O preparo físico junto com a técnica foram cruciais para a nossa consistência na partida — avaliou o parceiro de Vitor Felipe.

Veja também  Auto Esporte vence Serrano-PB e garante retorno à elite do futebol da Paraíba em 2022

Após a conquista do título, Vitor Felipe revelou que não estava 100% firme para encarar a competição na Escola de Educação Física do Exército (EsEFex).

— Nessa etapa não estava tão confiante no início, mas fui buscando confiança ao longo do torneio e foi legal. Cada etapa tem uma história e essa foi diferente comparada as outras. Tivemos que ter paciência. Estava difícil de jogar, a bola não estava enxugando direito. Foi um jogo muito difícil. Estava cansado demais. Não cheguei a dormir direito na noite anterior, mas deu certo — comentou.

O próximo desafio no Circuito Brasileiro será no começo do próximo mês na quarta etapa, que, desta vez, vai ter Itapema, litoral de Santa Catarina, como sede.

Logo em seguida, a parceria permanece na cidade. Os dois receberam um convite da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) para o torneio principal da etapa do Circuito Mundial, entre os dias 10 e 14 de novembro.
— A expectativa para Itapema está muito boa. A gente vem em uma crescente e esperamos ir melhor a cada etapa. Apesar da temporada estar um pouco cansativa, nós estamos preparados pra isso. Vai ser a primeira etapa fora do Rio de Janeiro, desde a volta do Circuito Brasileiro, confesso que isso me deixa mais animado, mesmo gostando muito do Rio de Janeiro. Já está na hora de ir para novos lugares e jogar em areias diferentes — finalizou Vitor Felipe.