Com time misto, Botafogo-PB empata com o Vitória, no 1º jogo da 3ª fase da pré-Copa do Nordeste

Belo teve melhor atuação que o Leão da Barra, mas vai decidir vaga na fase de grupos do Nordestão no próximo dia 16, no Barradão, em Salvador.

Foto: Fábio Hermano / CBN

O primeiro confronto entre Botafogo-PB e Vitória, pela terceira fase da pré-Copa do Nordeste, acabou empatada. O 1 a 1 no placar, na partida disputada no Estádio Almeidão, em João Pessoa, na noite desta terça-feira, foi reflexo de um jogo bastante movimentado, com boas chances para os dois lados, mas com uma leve superioridade do Belo, o time mandante. O resultado deixa tudo em aberto para o segundo duelo entre as equipes, no Barradão, no próximo dia 16. Até lá, o Alvinegro tem dois compromissos importantes, pela Série C do Brasileiro, que vão decidir o futuro do clube para a próxima temporada, contra Paysandu, já no próximo domingo, também em João Pessoa, e Ituano, em São Paulo, no dia 7 de novembro.

A bola mal rolou, e o Vitória já tomou as rédeas da partida. Com apenas três minutos, Raul Prata recebeu bom lançamento de João Pedro, pela direita, e acionou David. Ele tentou o arremate por duas vezes. Na segunda, com Felipe batido, ele balançou as redes. Com o placar aberto logo cedo, o Leão da Barra conseguiu administrar o resultado com uma proposta de jogo muito clara: o Botafogo-PB ficaria com a bola. Por sua vez, o Rubro-Negro apostaria nos contra-ataques. A melhor chance dos mandantes aconteceu aos 21 minutos, com uma sobra que Luã Lúcio poderia ter tido mais calma no arremate. No entanto, ele foi com sede ao pote e, no segundo pau, com espaço para uma melhor finalização, acabou isolando a bola para longe da meta de Lucas Arcanjo. No lance seguinte, Marcinho recebeu cruzamento de Fabinho, cabeceou com muita categoria, mas viu a bola passar perto da meta de Felipe e sair pela linha de fundo. Aos 32 minutos, David teve a oportunidade de ampliar o placar, quando ficou cara a cara com Felipe, tentou driblar o goleiro botafoguense, finalizou, mas foi abafado pela defesa do camisa 1.

A primeira etapa poderia ter tido um desfecho para lá de positivo para os visitantes, mas a rede só foi balançada uma única vez.

Veja também  Botafogo-PB confirma renovação de contrato com o goleiro Paulo Gianezini

A etapa final começou com um Botafogo-PB diferente, mais arisco no campo de ataque, mas ainda sem a organização necessária para balançar as redes. Com Cleyton em campo, o time ganhou um toque mais lúcido no meio de campo. A resposta ao melhor momento botafoguense em campo aconteceu aos 14 minutos, quando Éderson recebeu cruzamento açucarado de Luã Lúcio e testou a bola firme, sem defesa para Lucas Arcanjo. Era o empate do Belo. Aos 25 minutos, já com Welton, principal nome dos paraibanos na temporada, a grande chance da virada no placar. Ederson recebeu passe de Esquerdinha, que aproveitou falha de Roberto, invadiu a área e finalizou. No momento do arremate, Thalisson Khelven travou no tempo certo e evitou o segundo tento alvinegro. Daí em diante, a equipe pessoense seguiu pressionando, o Rubro-Negro se defendendo, e o placar não foi mais alterado.

Vitória e Botafogo-PB voltam a se encontrar no próximo dia 16, no Barradão, em Salvador, pelo jogo decisivo deste confronto válido pela terceira fase da pré-Copa do Nordeste. A bola vai rolar às 21h30. Em caso de um novo empate, a vaga na fase de grupos do Nordestão do próximo ano será nas penalidades. Nos 90 minutos, o vencedor fica com a classificação garantida.

FICHA TÉCNICA

Botafogo-PB x Vitória, pela terceira fase da pré-Copa do Nordeste
Horário: 21h30
Local: Estádio Almeidão, em João Pessoa
Cartões: Luís Gustavo, Willian Machado (B); Marcinho (V), João Pedro (V)
Gols: Ederson (B); David (V)
Escalação do Botafogo-PB: Felipe, Pablo (Sávio), Daniel Felipe, Willian Machado e Gabriel Araújo; Aramal, Juninho (Marcos Aurélio) e Esquerdinha; Juba (Cleyton), Luã Lúcio (Welton) e Ederson.
Escalação do Vitória: Lucas Arcanjo, Raul Prata (Cedric), Mateus Moraes, Thalisson Khelven e Roberto; João Pedro, Eduardo (Fernando Neto) e Caíque Souza (Soares); Fabinho (Alisson Santos), Marcinho (Renan Luís) e David.