Em busca do bicampeonato do Nordeste, Campinense estreia na temporada nesta terça-feira, contra o Náutico, nos Aflitos

Partida contra o Timbu acontece às 20h, em Recife, pela primeira rodada da Copa do Nordeste. Raposa quer a vitória para começar caminhada no Nordestão já nas primeiras colocações do Grupo A da competição.

Acabou a espera, torcedor raposeiro! Após pouco mais de dois meses sem entrar em campo de forma oficial, o Campinense enfim vai fazer a sua estreia na temporada. O adversário será o Náutico, no Estádio dos Aflitos, em Recife, em partida válida pela primeira rodada da Copa do Nordeste de 2022, no que pode ser o primeiro passo rubro-negro rumo ao bicampeonato nordestino.

Diferentemente do Timbu, que já fez a sua estreia no Campeonato Pernambucano, quando a bola rolar nos Aflitos o Campinense estará fazendo a sua primeira partida oficial da temporada. Muito por isso o técnico Ranielle Ribeiro decidiu fazer um período de treinamentos de mais de 40 dias, onde foram realizados três amistosos e dois jogos-treino. O time de Campina Grande, atual campeão paraibano e vice-campeão da Série D, buscará colocar em campo toda a tradição conquistada na competição nos últimos anos, onde, além do título de 2013, acumula também um vice-campeonato em 2016, perdendo a final para o Santa Cruz.

Para a partida de logo mais o técnico Ranielle Ribeiro terá um grande problema a ser resolvido. Isso porque quatro atletas e dois membros da comissão técnica testaram positivo para Covid-19 na testagem que é realizada antes de cada partida, como parte dos protocolos da CBF. Os zagueiros Michel Bennech, titular da posição, e Christian, o lateral-direito André Mascena e o volante Gabriel não viajaram com o elenco e ficam de fora da partida.

Ranielle Ribeiro, técnico Campinense
Ranielle Ribeiro terá pelo menos um desfalque no time titular para a partida contra o Náutico (Foto: Rafael Costa / Campinense)

Além dos infectados, o chefe da comissão técnica raposeira também não poderá contar com o volante Magno, o zagueiro Iago Leite e o atacante Eduardo, que seguem se recuperando de lesão no Departamento Médico do clube. O atacante Olávio, terceiro maior artilheiro do Brasil na temporada passada, no entanto, está confirmado no time e vai para a partida.

Com isso, a Raposa deve ir a campo com o futebol de: Mauro Iguatu; Felipinho, Vinícius Santana (Moisés), Cleiton e Filipe Ramon; Rafinha, Serginho e Dione; Matheus Régis, Juninho e Olávio.

Transmissão

As emoções da partida poderão ser acompanhadas através do tempo real do ge Paraíba, que começa uma hora antes de a bola rolar no Amigão. Para os amantes da emoção do rádio, com a narração de Edson Maia, comentários de Leonardo Alves e reportagens de Afonso Carlos, a equipe da CBN Campina Grande estará ao vivo levando todos os lances da partida até o torcedor paraibano.

Veja também  Patos FA recebe o Jangadeiros FA na final da Copa do Nordeste de Futebol Americano

Ranielle Ribeiro, técnico Campinense
(Foto: Rafael Costa / Campinense)

Dor de cabeça para Ranielle

O técnico Ranielle Ribeiro tem problemas para a estreia no Nordestão. Isso porque quatro atletas e dois membros da comissão técnica testaram positivo para Covid-19 na rodada de exames que é realizada antes de cada partida, como parte dos protocolos da CBF. Os zagueiros Michel Bennech, titular da posição, e Christian, seu substituto imediato, além do lateral-direito André Mascena e do volante Gabriel testaram positivo. Menos mal para o time que, na contraprova dos exames, Christian e André Mascena testaram negativo, viajaram já na véspera da partida e se juntaram ao restante do grupo.

Além dos infectados, o chefe da comissão técnica raposeira também não poderá contar com o volante Magno, o zagueiro Iago Leite e o atacante Eduardo, que seguem se recuperando de lesão no Departamento Médico do clube. O atacante Olávio, terceiro maior artilheiro do Brasil na temporada passada, no entanto, está confirmado no time e vai para a partida.

Provável escalação da Raposa: Mauro Iguatu, Felipinho, Christian (Vinícius Santana), Cleiton e Filipe Ramon; Rafinha, Serginho e Dione; Matheus Régis, Juninho e Olávio.

Arbitragem

A Confederação Brasileira de Futebol escalou o trio de arbitragem cearense Luciano da Silva Miranda Filho, árbitro geral, Renan Aguiar da Costa e José Moracy de Sousa e Silva, assistentes, para comandar a estreia na Copa do Nordeste de pernambucanos e paraibanos na noite desta terça-feira.