Entre Linhas

Lei estadual cria o “Dia do Torcedor Atleticano”; entenda a justificativa e quem foi o autor do projeto

Governador sanciona lei que elege o 3 de julho para homenagear o Atlético de Cajazeiras. Deputado que propôs a homenagem lembra das façanhas do clube, campeão paraibano de 2002, e “importância na história futebolística da Paraíba”

Campeão mineiro, brasileiro, da Supercopa… Não há como negar que o Atlético-MG está mesmo em alta no futebol brasileiro. Na Paraíba, o seu homônimo não reflete a boa fase. O Atlético, de Cajazeiras, fez a sua pior participação em estaduais desde 1992, somou apenas dois pontos (em 24 possíveis) e foi rebaixado com uma rodada de antecedência para a segunda divisão.

Mas…

O recém criado Dia do Torcedor Atleticano não homenageia o time mineiro, e sim o paraibano. A Lei 12.273, de 12 de abril de 2022, foi sancionada pelo governador João Azevêdo (PSB) lembrando os feitos do Trovão Azul.

O projeto foi do deputado Júnior Araújo (PSB), que é cajazeirense, da base aliada do governo e tem a sua base eleitoral no Sertão paraibano. A lei elege o 3 de julho como “Dia do Torcedor Atleticano”, e foi pensado justamente por coincidir com a data de fundação do clube paraibano.

Veja também  Campinense prova ser clube formador de Arthur Cabral e espera receber R$ 415 mil em mecanismo da Fifa

Na justificativa, o deputado diz querer homenagear a torcida atleticana na Paraíba e lembra o título estadual conquistado pelo clube em 2022. Júnior Araújo também se referiu à importância do Trovão Azul na “história futebolística da Paraíba”.

Lei 12.273 que institui o Dia do Torcedor Atleticano

Júnior Araújo exerceu os cargos de Secretário de Planejamento e Gestão (2006) e Secretário de Governo e Articulação Política (2010), ambos junto à prefeitura de Cajazeiras. Em 2013 foi eleito vice-prefeito de Cajazeiras e, atualmente, exerce o mandato de deputado estadual, eleito em 2018 com 24.093 votos.