Etapa do Brasileiro de Surfe, na Paraíba, conta com atletas de todos os estados do Brasil, garante presidente da FPBS

Categoria profissional vai distribuir R$ 80 mil em premiação e atrai muitos surfistas do país.

Foto: Reprodução / TV Cabo Branco

Começou na quinta-feira a segunda etapa do Circuito Brasileiro de Surfe, nas categorias longboard e sup wave, que está sendo realizada na Praia de Intermares, em Cabedelo, na Paraíba. A competição deve receber mais de 150 atletas e conta surfistas de todos os estados brasileiros. É o que garante o presidente da Federação Paraibana de Surf (FPBS), Carlos Gilberto. 

“Um prazer para a gente receber a segunda etapa de longboard e sub wave. Teremos mais ou menos 150 atletas. Todas as bandeiras do Brasil estarão representadas aqui, com atletas de todo o país. A etapa vai até domingo”, comentou o dirigente. 

A disputa tem novas promessas, surfistas mais antigos, que começaram esse importante movimento que deságua em títulos mundiais da “tempestade brasileira” — ou “Brazilian Storm” —, e a competição principal, com os profissionais atuais do surfe. 

“Aqui teremos atletas sub-18, atletas da categoria 35+ e também de 50+. E a principal, que é a categoria profissional. Estamos distribuindo R$ 80 mil em premiação para a categoria profissional, por isso atrai atletas de todo o país”, ressaltou Carlos Gilberto. 

Há a expectativa de que cerca de 10 surfistas paraibanos estejam participando das disputas. Além disso, um grande número de espectadores é esperado para lotare as areias da Praia de Intermares, em Cabedelo.

Veja também  Santos festeja Flamengo na semifinal da Libertadores, mas prega pés no chão na competição