Entre Linhas

Bosco Honorato, ex-árbitro paraibano, morre aos 67 anos em Campina Grande

Responsável pela descoberta de vários árbitros em Campina Grande, Bosco foi vítima de um aneurisma.

Por Raniery Soares

Bosco Honorato, ex-árbitro paraibano, morre aos 67 anos em Campina Grande (Foto: Reprodução / Facebook)

 

Morreu nesta sexta-feira (30), o ex-árbitro paraibano João Bosco Honorato. Ele fez parte do quadro de arbitragem da Federação Paraibana de Futebol (FPF) e atuou como analista de campo pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em partidas realizadas na Paraíba. Ele tinha 67 anos e foi vítima de um aneurisma. O sepultamento será nesta sexta-feira, às 17h, no Cemitério do Monte Santo, em Campina Grande.

João Bosco Honorato foi internado no Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, na tarde de quinta-feira (29). Ele se sentiu mal e foi acompanhado por uma equipe médica, mas não resistiu e morreu nas primeiras horas da madrugada desta sexta.

Ele foi responsável pela descoberta e formação de árbitros em Campina Grande, através da realização de cursos de arbitragem. Bosco Honorato também foi presidente da Liga Campinense de Futebol, entidade responsável por organizar as competições amadoras da modalidade na cidade.