Entre Linhas

Prefeitura de João Pessoa divulga novo decreto, mas público nos estádios segue proibido

Uma novidade neste novo decreto é a liberação da transmissão de jogos em bares e restaurantes, que estava proibida até então.

Por Raniery Soares

O novo (e aguardado) decreto com medidas restritivas para conter o avanço da Covid-19 em João Pessoa foi publicado. Mas, o torcedor ainda vai ter que aguardar mais um pouco para poder voltar aos estádios da capital paraibana. É que o documento não liberou a retomada de público nas praças esportivas, como estava sendo aguardado nestas últimas semanas.

 

Prefeitura de João Pessoa publica novo decreto, mas público nos estádios segue proibido (Foto: Phelipe Caldas / ge)

 

Em uma apuração feita por Angélica Nunes e Laerte Cerqueira, jornalistas do blog Conversa Política, segundo a equipe do prefeito Cícero Lucena (PP), os detalhes em relação à liberação de público e como esta medida de flexibilização deve funcionar, serão afinados com o governador João Azevêdo (Cidadania), em conversas ao longo desta semana.

Uma novidade publicada neste novo decreto é a liberação da transmissão de jogos em bares e restaurantes, que estava proibida até então.

Fazendo um paralelo com eventos de outros segmentos como congressos, seminários, encontros científicos e casamentos, além espaços como circos, cinemas e teatros, estes podem funcionar com o limite de 50% da capacidade.

Precisam atender, claro, medidas como distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas, uso obrigatório de máscaras, disponibilização de álcool 70% e aferição da temperatura corporal na entrada, além de seguir protocolos formulados pela Gerência de Vigilância Sanitária de João Pessoa.

 

O público volta ou não aos estádios?

 

O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena (PP), disse na sexta-feira (31), durante entrevista ao JPB1 das TVs Cabo Branco e Paraíba, que havia uma previsão para liberar até 30% da capacidade de público nas praças esportivas da capital paraibana. A expectativa era que já fosse neste novo decreto, publicado neste domingo (1º).

“Precisamos voltar ao normal. Precisamos respeitar a necessidade das pessoas, seja psicológica, mas também econômica. O compromisso de retomar a prática do esporte, principalmente do futebol, vamos fazer seguindo protocolos. Conversei com a Federação Paraibana de Futebol, com outras cidades que estão fazendo a mesma coisa e a nossa intenção é que já nesse novo decreto possamos flexibilizar, para que um time como o Botafogo-PB, que está disputando a Série C, com chances de ir para a Série B, tenha o conforto, a torcida e ao apoio para alcançar essa conquista, que será não só do Botafogo, mas da Paraíba”, disse Cícero Lucena.

Na semana passada, Cícero esteve reunido com a presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Michelle Ramalho, a fim de iniciar as discussões sobre o tema. Ela, inclusive, disse que recebeu um comunicado da CBF, solicitando que os estados elaborem com as autoridades sanitárias os protocolos necessários para concretizar o retorno gradativo do público aos estádios.