Sousa quer Árbitro de Vídeo (VAR) nas finais do Campeonato Paraibano 2021

O Dinossauro foi o primeiro time a garantir vaga na final do Estadual e aguarda a decisão entre Botafogo-PB e Campinense.

Por Raniery Soares

Com vaga garantida na final do Campeonato Paraibano 2021, o Sousa solicitou à Federação Paraibana de Futebol (FPF), a presença do Árbitro de Vídeo (VAR) nos dois jogos que decidirão quem será o campeão estadual deste ano. O presidente do clube, Aldeone Abrantes, justifica que o recurso servirá como um instrumento de auxílio nas decisões da arbitragem que, segundo ele, já foi uma categoria noticiada com manchetes negativas.

Sousa quer Árbitro de Vídeo (VAR) nas finais do Campeonato Paraibano 2021
Foto: Raniery Soares

Aldeone destaca que o árbitro de campo pode errar, afinal trata-se de um ser humano, mas lembra que erros como esse poderiam ter tirado o Sousa da decisão do Campeonato Paraibano deste ano.

Para reforçar o apelo e a necessidade da presença do Árbitro de Vídeo (VAR) nas partidas, o dirigente cita que o seu time teve um gol legítimo, segundo ele, anulado pela arbitragem no jogo entre Sousa e São Paulo Crystal, válido pela semifinal da competição. Outra situação relembrada por Aldeone Abrantes ocorreu no duelo entre Sousa e Treze, na 5ª Rodada do Estadual.

O Sousa foi o primeiro time a garantir vaga na final do Campeonato Paraibano, aguardando a decisão entre Botafogo-PB e Campinense para saber quem será o seu adversário na briga pelo título. Uma coisa o time sertanejo já sabe: independente do vencedor da partida entre Botafogo-PB e Campinense, o Sousa fará o segundo jogo da final em casa, no Estádio Marizão.

Ao Entre Linhas, o presidente da Comissão Estadual de Arbitragem da FPF (Ceaf-PB), Arthur Alves Júnior disse que é favorável ao uso da tecnologia nas partidas, desde que os clubes interessados banquem a logística necessária e o trabalho dos árbitros designados.

“Eu sou extremamente favorável ao recurso eletrônico na arbitragem, tanto é que discutimos isso desde a elaboração do Regulamento Específico da Competição (REC). Fico muito feliz que a equipe do Sousa deseja a presença do VAR, desde que assegure financeiramente toda a logística que a tecnologia precisa, tendo em vista que a FPF já pagou toda a arbitragem do Campeonato Paraibano até o momento, isentando os clubes deste pagamento. A sugestão do Sousa é excelente e será passada para a outra equipe finalista, para que seja comum acordo”, disse Arthur.