Treze espera divulgação de calendário da pré-Copa do Nordeste para definir equipe

Segundo Arthur Bolinha, presidente do Galo da Borborema, caso as partidas da competição sejam marcados para julho ou agosto, a equipe terá dificuldades para definir o futebol.

Artur Bolinha espera que os jogos da pré-Copa do Nordeste sejam marcados para os últimos meses do ano, Treze — Foto: Cassiano Cavalcanti / Treze

O Treze já tem passaporte confirmado na disputa da pré-Copa do Nordeste de 2022. Agora, o Galo aguarda uma nova confirmação para iniciar o planejamento da equipe para a competição: o calendário das partidas do torneio. Segundo o presidente do time, Arthur Bolinha, se os jogos forem marcados para o fim do ano, a equipe terá tempo para montar um esquadrão, definir técnico e o gerente de futebol. Entranto, segundo ele, caso esses duelos sejam realizados em julho ou agosto, o Mais Querido pode ter problemas para se organizar.

A vaga do Treze na pré-Copa do Nordeste foi confirmada na quarta-feira da semana passada. O Alvinegro entra na competição como o melhor colocado da Paraíba no Ranking de Clubes da CBF. O Botafogo-PB é quem lidera, porém, foi vice-campeão do Campeonato Paraibano Pixbet 2022 e, por isso, entrou através do estadual. Já para o Galo, Arthur Bolinha aguarda ter a confirmação dos jogos do torneio para iniciar o planejamento do time.

Estamos esperando, na verdade, o calendário das disputas da pré-Copa do Nordeste. O calendário que irá definir os nossos rumos. Como o time profissional não está em atividade neste momento, se a CBF marcar os jogos para julho ou agosto, isso complica a nossa situação. Já caso essas partidas sejam agendadas para o fim do ano, quando já estejamos em um processo de montagem do elenco de olho no estadual, é um outro cenário. Eu torço para que seja o mais tarde possível, dadas as dificuldades em trazer atletas para disputar, no máximo, quatro jogos, comentou.

Treze, CSP
Treze garantiu passaporte para a pré-Copa do Nordeste através de Ranking da CBF (Foto: Cassiano Cavalcanti / Treze)
Veja também  Treze aguarda definição sobre a pré-Copa do Nordeste, mas já começa a analisar jogadores

Se o Treze conseguir êxito na participação na pré-Copa do Nordeste e, consequentemente, se classificar para o torneio regional, o Galo da Borborema garantirá calendário a mais no primeiro semestre do time em 2023, além de dinheiro em caixa nas contas do clube. Contudo, segundo Arthur Bolinha, o time ainda não tem recursos suficientes para contratar um treinador. Para ele, o primeiro passo para o Alvinegro é montar um planejamento que possibilite colocar um gerente de futebol para organizar o Mais Querido.

A bem da verdade é que o Treze não tem condições de contratar um treinador a preço de hoje sem ter um time para treinar e, principalmente, sem ter recursos para pagá-lo. Quero disputar o pré-Nordestão com a base da equipe que disputará o estadual e, principalmente, com a comissão técnica que comandará o time no Paraibano. Para isso ser possível temos que organizar todo um organograma que passa por um gerente de futebol, que ainda estamos buscando viabilizar a chegada, um supervisor e um comitê técnico. É uma regra que, a partir de agora, todo e qualquer jogador que seja contratado pelo Treze seja aprovado por esse comitê, dado uma série de requisitos pré-estabelecidos por nós, disse.

Em 2022, a pré-Copa do Nordeste será disputada por 24 clubes e acontecerá em duas fases de mata-mata. De todas as equipes, apenas quatro garantirão vaga na fase de grupos da Copa do Nordeste de 2023 e se juntam a outras 12 equipes.