Operação na Cidade de Deus fecha escolas e deixa dois mortos

Treze escolas e três creches foram fechadas por motivo de segurança.  Polícia diz que, além dos dois mortos, um suspeito foi preso.

Do G1

Dois suspeitos foram mortos e um outro preso numa operação da Polícia Militar que começou no início da manhã desta terça-feira (11) na Cidade de Deus, Zona Oeste do Rio. A ação da polícia também mudou o trânsito no local e fechou 13 escolas, três creches e o comércio da região.

As informações foram confirmadas pelo 18º BPM (Jacarepaguá) e pela Secretaria municipal de Educação. Ao todo, 7.730 crianças estão sem aulas.

Segundo o batalhão de Jacarepaguá, a ação, organizada para reprimir o tráfico de drogas no local, começou por volta das 4h e visa cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão.

Escolas fechadas

Segundo a polícia, há intenso tiroteio no local e, por motivo de segurança, as escolas e creches estão fechadas.

O batalhão informa também que, mais cedo, algumas ruas no entorno da Cidade de Deus precisaram ser fechadas e tiveram o trânsito desviado para garantir a segurança dos moradores da região. Apesar do tiroteio, as vias Edgar Verneck, Estrada do Gabinal e Miguel Salazar Mendes de Moraes já foram liberadas, mas o trânsito na região ainda é intenso.

Operação na Zona Norte

Também nesta terça-feira (11), a Polícia Civil faz uma operação na Morro da Formiga, na Tijuca, Zona Norte. Três pessoas foram detidas na ação, uma delas, segundo a polícia, seria um suspeito de seqüestro foragido de São Paulo.

Os detidos foram pegos tentando fugir pela mata. Com eles, foram apreendidos uma pistola, um fuzil e duas bananas de dinamite. Ainda de acordo com a polícia, segue a busca por três pessoas que seriam chefes do tráfico no local.

A operação conta com a participação de cerca de 80 homens de 20 delegacias e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core).

 

Veja também  Perícia do MPF identifica esgoto doméstico e danos em eixo da transposição do São Francisco, em Monteiro