Bebê de nove meses tem 3 agulhas dentro do corpo em Minas Gerais

Autoridades desconfiam que a criança sofria maus tratos constantemente. Uma das agulhas foi retirada em cirurgia nesta quinta-feira.

Do G1

Um bebê de 9 meses foi submetido a uma cirurgia para retirar uma agulha que estava nas nádegas, nesta quinta-feira (2), em Inhapim, na região do Vale do Aço, em Minas Gerais. De acordo com o secretário municipal de Saúde da cidade, César Augusto Torres, ainda há mais duas agulhas, e metade de uma terceira, espetadas na criança. “Como elas estão mais profundas, ainda não puderam ser removidas”, disse Torres.

Ainda segundo ele, a pediatra que acompanha a criança desde o nascimento desconfiava de maus tratos porque a criança sempre aparecia com hematomas.

“A criança passou por exames mais detalhados e as agulhas foram encontradas”, falou. O secretário municipal disse ainda à reportagem do G1 que a menina já teve alta nesta quinta-feira (2) e foi encaminhada, no mesmo dia, a um abrigo em Caratinga, também no Vale do Aço mineiro, por determinação da Justiça, por meio do Conselho Tutelar.

Torres falou também que um boletim de ocorrência foi aberto, mas como ninguém assumiu a violência contra a criança, não há suspeitos. “O Ministério Público está acompanhando o caso e está tomando todas as providências jurídicas”, contou o secretário. Ainda de acordo com ele, os pais, teriam negado qualquer situação de maus tratos contra o bebê.
 

Veja também  Alerta de chuvas intensas é emitido pelo Inmet para 61 cidades da Paraíba