TJ decide desinstalar Vara da Família em Campina e advogados dizem que ganharam 'presente de grego'

Na mesma sessão foi aprovada a instalação de um Juizado Especial da Fazenda Pública

Foto: Ascom

Ontem, 11 de agosto, foi comemorado o ‘Dia do Advogado’. Muitos deles, em Campina Grande, dizem que ganharam um ‘presente de grego’ este ano. Isso por conta da decisão do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) que aprovou, na sessão de ontem, a desinstalação da 3ª Vara da Família no município.
Nas redes sociais a reclamação dos advogados campinenses tem sido generalizada.

Na mesma sessão, o TJ aprovou uma resolução para instalar um Juizado Especial da Fazenda Pública na cidade. Na Capital o TJ aprovou a instalação da 2ª Vara de Entorpecentes.

“Como a demanda de processos na 3ª Vara da Família era pequena, estamos transformando essa Vara em um Juizado Fazendário. Com essa ação, vamos dinamizar o julgamento desses feitos de execuções fiscais”, argumentou o desembargador e presidente, Saulo Benevides.
Desde outubro de 2019 mais de 20 comarcas e Varas foram desinstaladas no Estado. O argumento é que as unidades tinham pouca demanda e muito custo.
Os advogados, via de regra, não aprovam as desinstalações. Nesse caso de ontem, consideram um ‘presente de grego’.

Veja também  Quina de São João sorteia prêmio de R$ 200 milhões neste sábado