Bananeiras e Solânea serão abastecidas por carro-pipa, por causa da crise hídrica na região do Brejo

Segundo a Cagepa, plano de emergência será iniciado no fim desta semana. Caixas d’água também serão instaladas nas duas cidades.

Foto: Belo Soares/Divulgação
Foto: Belo Soares/Divulgação

Os moradores das cidades de Bananeiras e Solânea, no Brejo paraibano, só receberão água na torneira até o fim desta semana. A informação foi confirmada pela Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), nesta segunda-feira (6), através de um comunicado divulgado pela gerência regional do órgão. O problema é que a barragem de Canafístula, reservatório que abastece as duas cidades, secou e a Cagepa garantiu que não tem mais como captar água para distribuição.

A interrupção no abastecimento vai atingir cerca de 70 mil unidades consumidoras nestas duas cidades.

Em entrevista ao repórter Mário Aguiar, da CBN João Pessoa, o diretor de Operação e Manutenção da Cagepa, Thiago Pessoa, disse que além dos carros-pipa, há uma possibilidade das cidades serem abastecidas através de caixas d’água, que vão servir como uma espécie de chafariz.

“O manancial Canafístula 2, devido à crise hídrica, chegou a um nível que a Cagepa não consegue mais abastecer as duas cidades. O reservatório está numa situação muito crítica e por isso, vamos ficar apenas abastecendo através de carros-pipa. A Cagepa já pleiteou junto às prefeituras, a instalação de caixas d’água, que vão servir como chafariz e estamos em processo de contratação para perfurar quatro poços em Solânea e outros quatro em Bananeiras”, disse Thiago, em entrevista à CBN João Pessoa.

Thiago descarta que este colapso no abastecimento tenha sido por causa do crescimento populacional destas cidades. Ele garantiu que a Cagepa tem acompanhado este cenário com um projeto de ampliação e nos municípios mais atingidos pelas falhas no abastecimento de água, a cobrança nas contas foi suspensa e o fornecimento de água para as caixas d’água também não está sendo cobrado.

Veja também  Paraíba tem 443.885 casos de Covid-19 e 9.371 mortes confirmadas pela doença

Bananeiras é um dos principais destinos turísticos da Paraíba. Cidade serrana, o local hoje possui vários condomínios de alto padrão. A curto prazo, segundo Thiago, a solução para a região que está sendo buscada pela Cagepa é a construção de uma adutora para receber a água do Rio São Francisco, via Campina Grande.

“Bananeiras e Solânea vão ser contempladas agora com o projeto da adutora de Campina Grande, que já está em fase de contratação para a obra. Ela vai abastecer todo o Brejo”, falou Thiago.

*colaborou Mário Aguiar, repórter da CBN João Pessoa