Suspeito de liderar organização envolvida em fraudes de concursos públicos é preso na PB

Mandados são cumpridos também em Pernambuco, Alagoas e Sergipe.

Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

Um homem suspeito de liderar uma organização criminosa que fraudava concursos públicos foi preso nesta quinta-feira (21), no bairro Portal do Sol, em João Pessoa. A Operação Loki também acontece em Pernambuco, Alagoas e Sergipe. Na Paraíba, além do mandado de prisão, estão sendo cumpridos quatro mandados de busca e apreensão.

De acordo com o delegado Diego Beltrão, da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco), o grupo é suspeito de fraudar os concursos da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros do estado de Alagoas.

Conforme a Polícia Civil da Paraíba, o suspeito montava uma banca de especialistas em cada matéria do concurso correspondente e, por meio de um ponto eletrônico, passava todo o gabarito da prova.

Em Pernambuco, estão sendo cumpridos nove mandados de prisão e 41 de busca e apreensão domiciliar, todos expedidos pela Justiça de Alagoas.

Estão sendo empregados 250 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães de Pernambuco e Alagoas.