Fortes chuvas provocam queda de árvore e alagamentos em João Pessoa

Segundo a Defesa Civil da capital paraibana, choveu 43 milímetros nas últimas 6 horas, sendo o maior registro pluviométrico no bairro do Altiplano.

Foto: Semob/Reprodução

As fortes chuvas registradas nesta quarta-feira (29) provocaram transtornos em João Pessoa. Uma árvore de aproximadamente 5 metros caiu na Avenida Epitácio Pessoa e deixou o trânsito parcialmente interditado, no sentido Centro-Praias. Alguns pontos de alagamento também foram identificados.

Segundo a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP), o ponto exato onde foi feito o bloqueio é no cruzamento da Avenida Tito Silva. O órgão já havia liberado a faixa por volta das 13h.

A Energisa também esteve no local, já que a avenida tem fios da rede elétrica espalhados por todo o trajeto. Uma vistoria foi realizada nos equipamentos que distribuem energia para as residências próximas, e nenhum problema foi constatado.

Outros transtornos causados pela chuva

Motoristas e pedestres também registraram alagamentos em alguns pontos de João Pessoa. Confira os locais:

  • Av. Valdemar Galdino Naziazeno, na Lateral da Central de Polícia, no Geisel
  • Em frente à Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), no Varadouro
  • Ladeira de acesso aos bairros de Mangabeira e José Américo, via Altiplano/Portal do Sol
  • Ladeira que liga os bairros de Mangabeira e Valentina
  • Próximo à Unidade Operacional da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-230, na Grande João Pessoa
Veja também  Balneabilidade: Litoral da Paraíba tem sete trechos de praias impróprios para banho

Choveu mais de 64 milímetros nas últimas 6 horas

Segundo a Defesa Civil da capital paraibana, choveu 64,8 milímetros nas últimas 6 horas, sendo o maior registro pluviométrico no bairro de Tambauzinho.
  • Tambauzinho – 64,8 milímetros
  • Altiplano – 61,8 milímetros
  • Centro – 56,6 milímetros
  • Manaíra – 50,4 milímetros
  • Grotão – 49,2 milímetros
  • Cuiá – 43,2 milímetros
  • Cristo – 42,8 milímetros
Conforme o órgão, apesar de o índice ser considerado pequeno, alguns transtornos são provocados, especialmente com relação ao trânsito de veículos.

Os condutores, por intuição, já trafegam com maiores cuidados, em virtude da baixa visibilidade e pista escorregadia.

Em caso de transtornos provocados pela chuva, a Defesa Civil disponibiliza os telefones da Central de Operações: 0800 285 9020, ou pelo WhatsApp 83 98831-6885.