Professora da UEPB é sequestrada; vítima volta seminua e dopada

Professora que leciona Metodologia Cientifica foi sequestrada na noite de quarta-feira (1). Caso ainda está sendo investigado.

Da Redação

Uma professora da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) foi sequestrada na noite da quarta-feira (1) em Campina Grande. A Central de Polícia ainda não explicou o caso, mas a mulher apareceu na manhã desta quinta-feira (2) na Central seminua e apresentando sinais que estava dopada.

Segundo informações dadas pelo Central de Operações da Polícia Militar (Copom), o sobrinho da vítima informou que ela saiu de casa à noite para dar uma aula de Metodologia Científica na UEPB. A família só teve notícias de Conceição, como ela foi identificada até o momento, por volta das 2h, quando ela ligou informando que havia sido sequestrada e que seu carro teria sido roubado. De acordo com os parentes, logo depois a ligação foi interrompida.

O marido da vítima foi até a Central de Polícia pela manhã dessa quinta-feira para reencontrá-la. Segundo ele, a mulher só conseguia dizer que tinha sido assaltada na saída da universidade. Ainda segundo informações do marido, a família vai seguir viagem para a cidade de Soledade, onde reside. A queixa só será registrada após a recuperação da professora.

Veja também  Mais de 300 kg de drogas são apreendidos e duas pessoas presas em João Pessoa

Ainda não foram fornecidos dados sobre onde a professora foi sequestrada, e o bairro onde foi resgatada. O veículo, um Siena preto de placa MNQ-8494, ainda não foi recuperado.

Este é o segundo sequestro em Campina Grande em dez dias. O primeiro aconteceu no dia 27 de agosto no bairro da Palmeira, onde o diretor e o vigilante da Escola Estadual Anézio Leão foram colocados dentro de um carro por assaltantes.
 

Atualizada às 11h10