Mulher é morta a tiros na frente dos filhos em Mamanguape

Ela e os quatro filhos dormiam juntos no quarto quando uma pessoa invadiu a casa e efetuou dois tiros na cabeça da jovem. Polícia investiga autoria do assassinato.

Uma jovem, 27 anos, foi executada a tiros na frente dos quatro filhos.  O caso aconteceu no bairro do Areal, na cidade de Mamanguape, Litoral Norte da Paraíba.  Segundo a Polícia Civil (PC), Ivanuza Cristina da Silva estava na cama junto com o bebê de dois meses e no mesmo quarto dormiam outras três crianças, quando uma pessoa, ainda não identificada, invadiu a casa pelos fundos, foi até onde ela estava junto com os filhos e efetuou dois disparos na cabeça da mulher.

Segundo o delegado de homicídios da Delegacia de Mamanguape, Jaime José Cavalcante, o pai da vitima, Miguel Antônio da Silva revelou que a filha tinha se envolvido em uma briga dias antes, e acredita que esse tenha sido o motivo do crime.  "Ela foi pra uma brincadeira em uma praça e teve uma discussão. Chegaram a jogar uma pedra na cabeça de uma amiga dela e eu estou achando que deve ter sido isso" , revelou.

Ivanuza Cristina morava na casa com os quatro filhos e o pai dela. Ele ainda contou para a polícia que se encontrava em outro cômodo da casa na hora dos tiros e, assustado com os disparos, só saiu do quarto depois de perceber a saída do assassino.  "Quando eu me levantei, chamei pelos meninos e abri a porta para eles entrarem no meu quarto e vi ela lá, baleada, com dois tiros na cabeça.  As crianças todas meladas de sangue, o que estava dormindo com ela"  acrescentou Miguel Antônio.

Veja também  Suspeito de matar Anielle vai responder por estupro de vulnerável

O delegado informou,  que o esposo da vitima foi assassinado há alguns anos e, vai investigar se isso pode ter levado a morte da mulher. No local os vizinhos não souberam passar informações do suspeito, buscas foram feitas, mas até às 8h desta quarta-feira (17), o autor do assassinato não foi localizado.