Aerojampa não vai a competição

Falta de equipamentos impediu estudantes de enganharia participar da competição em São Paulo. 

A equipe Aerojampa participa da competição SAE Brasil Aerodesign desde 2007, quando foi implantado o projeto na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). No entanto, a falta de equipamentos impediu estudantes de engenharia mecânica da instituição seguir em com as etapas do trabalho e posteriormente, aplicar durante a competição, este ano, no Estado de São Paulo.

Para participar da competição, a SAE Brasil envia o regulamento para que as instituições interessadas possam dar início ao desenvolvimento do projeto. Segundo o coordenador de Análise de Desempenho, Luiz Guilherme Brito de Oliveira, após o conhecimento das regras, “começamos a desenvolver o projeto conceitual, analisando cada item do regulamento para que possamos obter a melhor configuração aeronáutica possível”, disse.

Veja também  ‘Natal Iluminado’ 2021: veja mudanças no trânsito de Campina Grande, a partir deste sábado (4)

O coordenador de Análise de Desempenho disse que a equipe que participa da competição precisa observar o orçamento anual para evitar que o preço total dos materiais utilizados na preparação dos dois protótipos e das duas aeronaves não ultrapasse o valor disponibilizado pela UFPB. Como medida preventiva, a equipe solicita na nota fiscal do ano anterior a aquisição de materiais para preparação dos objetos. “Entretanto, o processo burocrático para aquisição desse material impediu que fossem adquiridos em tempo hábil, o que inviabilizou a participação da equipe este ano”.