Secretaria de Saúde identifica dois sorotipos de dengue em circulação na Paraíba

Dados foram divulgados no sétimo Boletim Epidemiológico das Arboviroses no estado, nesta segunda (31).

Pelo menos dois sorotipos de dengue estão em circulação na Paraíba, de acordo com a Secretaria de Saúde da Paraíba (SES). A informação está no sétimo Boletim Epidemiológico das Arboviroses da Paraíba, divulgado pela SES nesta segunda-feira (31).

De acordo com o relatório, os números (dengue, zika e chikungunya) refletem uma necessidade de intensificar a notificação dos casos pelos municípios. Até o momento, 5.186 casos prováveis de dengue foram identificados na Paraíba. Outros 1.119 casos suspeitos de chikungunya e 243 casos suspeitos do vírus zika foram identificados.

Também foram registrados 19 mortes suspeitas por arboviroses, sendo dois casos confirmados por dengue nos municípios de Sapé e Santa Rita e dois casos confirmados por chikungunya em João Pessoa. Seis casos e ao todo nove ainda seguem em investigação.

Veja também  ‘Natal Iluminado’ 2021: veja mudanças no trânsito de Campina Grande, a partir deste sábado (4)

Em 2019, no mesmo período, foram confirmados 13 casos de mortes, sendo nove por dengue, 3 por zika e 1 por chikungunya. Já em 2020, durante a pandemia, a partir de testes realizados por meio do Lacen-PB, foi possível isolar os sorotipos denv-1 e denv-2 que circulam no estado.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) emitiu uma nota técnica reforçando a importância do mapeamento dos casos suspeitos de arboviroses.

“Mediante o cenário atual do agravo no Estado, observamos a necessidade de intensificar as coletas para isolamento viral durante o primeiro trimestre do ano vigente, a fim de identificar qual sorotipo está circulando na Paraíba”, ressalta a gerente da GEVS, Talita Tavares.