MPF apura suposta invasão de casas do ‘Minha Casa Minha vida’ na Paraíba

Portaria foi publicada no diário eletrônico do MPF pelo procurador Tiago Misael de J. Martins.

O Ministério Público Federal (MPF) da Paraíba abriu um inquérito civil para apurar a suposta invasão de três unidades de casas do Programa do Governo Federal, Minha Casa, Minha Vida 2, por pessoas não contempladas pelo programa. A portaria foi publicada na edição do diário eletrônico do MPF desta sexta-feira (11) pelo procurador Tiago Misael de J. Martins.

Conforme o texto, as pessoas teriam ocupado as casas “sem que, aparentemente, tenha sido tomada qualquer providência pela prefeitura” do município de Teixeira, na Paraíba. A equipe de reportagem da Rede Paraíba tentou entrar em contato com a prefeitura do município, mas até a publicação desta matéria, não obteve resposta.

O inquérito foi aberto para apurar o relato segundo o qual foram construídas 40 unidades de casas populares do programa, no bairro Água Azul, e três destas teriam sido “invadidas” por não contempladas.