Manifestantes ocupam Câmara de CG contra terceirização

Protesto durou duas horas e sessão chegou a ser interrompida.

Um grupo de manifestantes ocupou a Câmara Municipal de Campina Grande nesta quarta-feira (25), durante a sessão ordinária para protestar contra o Projeto de Lei apresentado pelo prefeito Romero Rodrigues (PSDB) que pretende regulamentar o processo de Parceria Pública Privada (PPP) em 17 áreas da administração pública. 
 
O Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo havia sido enviado para Câmara Municipal recentemente, no entanto, acabou voltando para inserção de novas informações e ainda não foi devolvido para apreciação pelos parlamentares. O grupo protestante ocupou as galerias da Casa Legislativa durante duas horas e só saiu após receber um documento formalizado pela mesa diretora, indicando que o projeto não estava na Casa. 
 
Devido a manifestação, a sessão foi interrompida várias vezes. A presidente da Câmara de Vereadores, Ivonete Ludgério (PSD), confirmou a devolução do projeto ao Poder Executivo e informou que não há data definida para apreciação do documento. 
 
A mobilização em protesto contra o projeto contou com a participação de funcionários da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (CAGEPA), diretores do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e da Borborema (SINTAB) e do Sindicato dos Urbanitários da Paraíba e servidores da Prefeitura. 
 

Veja também  Dois vereadores e três suplentes de Campina Grande têm votos anulados por juiz eleitoral