Marcus Diôgo assume prefeitura de Guarabira durante licença de Zenóbio

Ele fica no cargo por um período de 30 dias. Prefeito sofreu um AVC.

Diôgo assumiu a prefeitura no sábado (Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarabira)

O vice-prefeito de Guarabira, Marcus Diôgo (PSDB), assumiu interinamente a prefeitura por um período de 30 dias. Ele fica no cargo enquanto o prefeito Zenóbio Toscano (PSDB) se recupera do Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVCI) sofrido na semana passada. A licença do titular foi aprovada pela Câmara Municipal. Diôgo assumiu no sábado (1º).

O ato de posse aconteceu no Gabinete do Prefeito, na sede da Prefeitura, e contou com a presença da maioria do secretariado e de vereadores situacionistas. Entre estes, o secretário Cláudio Melo (Finanças), Marcos Aquino (Procurador Geral), Lula das Molas (Agricultura), Douglas Nóbrega (Administração), Raimundo Macêdo (Educação), Murilo Filho (Infraestrutura), Alcides Camilo (Sumasa), Aguiberto Lira.

Zenóbio Toscano se sentinu mal no último sábado (25) e foi levado a uma UPA, em João Pessoa, para os primeiros atendimentos. Logo em seguida, foi encaminhado a um hospital particular onde foi constatado o AVC. Rapidamente, foi encaminhado à sala de cirurgia para retirada do trombo e irrigação da parte do cérebro afetado.

Ele recebeu alta na terça-feira (28), para se recuperar em casa. A deputada estadual Camila Toscano (PSDB), filha do prefeito, agradeceu aos paraibanos e amigos às orações. “Temos muito a agradecer a todos os gestos de carinho para com o meu pai. As orações foram muito importante para sua recuperação, mas peço que continuemos firmes na fé e nas orações pelo pronto restabelecimento do meu pai”, disse quando Zenóbio recebeu alta.