João Paulo Medeiros

Bruno anuncia que criará comissão para apresentar proposta de Reforma Administrativa na PMCG

Comissão terá de quatro a cinco meses para apresentar proposta para gestão municipal

Foto: Ascom

A sete dias da diplomação, o prefeito eleito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), anunciou a criação de uma comissão para avaliar e apresentar uma proposta de reforma administrativa na prefeitura. O atual organograma tem quase 20 anos e contém falhas, por exemplo, na distribuição de cargos comissionados. Muitos estão vinculados ao Gabinete do Prefeito, mas têm atribuição em outras ‘pastas’.
“Essa comissão terá de quatro a cinco meses para apresentar uma proposta de reforma. Não vamos fazer nada às pressas”, assinalou Bruno ao blog.
Ele preferiu não adiantar, contudo, nomes que farão parte de seu futuro secretariado. Mas é bem provável que alguns deles já estejam na Comissão de Transição, anunciada no fim do mês passado.
No fim do ano passado a ideia de promover uma reforma na administração municipal chegou a ser discutida, mas não ‘vingou’. Agora o tema deverá estar entre as prioridades do futuro gestor.
E é bom que esteja mesmo. A cidade e a prefeitura precisam passar por uma revitalização em sua estrutura organizacional. É visível isso.

Veja também  STF mantém lei das custas judiciais da Paraíba, mesmo com valores entre os mais altos do país