Governo Federal libera mais R$ 61,57 milhões para obras da Vertente Litorânea

O sistema adutor vai integrar bacias litorâneas com as águas do São Francisco.

Foto: Divulgação/Secom-PB

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) liberou, na quarta-feira (9), mais R$ 61,57 milhões para a execução do Canal Vertente Litorânea, na Paraíba. O sistema adutor vai integrar bacias litorâneas com as águas do Eixo Leste do Projeto São Francisco disponibilizadas no Rio Paraíba, após abastecer o reservatório Epitácio Pessoa, em Boqueirão. As obras são executadas pelo governo estadual com recursos da União.

A verba federal faz parte do pacote de investimentos autorizados pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) há três dias do primeiro turno das eleições municipal. À época, o presidente sancionou, sem vetos, a abertura de crédito suplementar de R$ 6,1 bilhões, incluindo o Canal Vertente Litorânea.

Até o momento, 79,67% das obras já foram concluídas. A expectativa do governo estadual é que mais de 631 mil habitantes em 37 municípios paraibanos sejam beneficiados com o canal Vertente Litorânea.

Veja também  João Pessoa e Campina Grande têm atos em defesa da democracia

O empreendimento é composto por 129 quilômetros de canais e está orçado em R$ 1,4 bilhão, incluindo contrapartidas do Estado. No total, mais de R$ 816 milhões já foram investidos pelo Governo Federal.

“A água é um direito da população. E intervenções como estas que estão recebendo este repasse federal são fundamentais para que possamos oferecer este bem tão precioso, tanto para o consumo humano como para as atividades produtivas, a milhões de famílias”, destaca o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. “Só assim, garantindo recursos para dar sequência às obras, que é uma orientação do presidente Jair Bolsonaro, é que vamos conseguir reduzir essa dívida histórica com o povo nordestino”, completa.