Aliados planejam entregar a Bolsonaro títulos de cidadão aprovados na CMJP e na Assembleia

Dois títulos de cidadão foram aprovados em homenagem a Bolsonaro e ainda não foram entregues a ele, um na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) e outro na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).

Foto: Felipe Nunes

Aliados do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) planejam entregar a ele homenagens aprovadas pela Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) e pela Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), em visita do político prevista para acontecer no mês de fevereiro, em João Pessoa.

A articulação dessa agenda é comandada pelo ex-ministro da saúde Marcelo Queiroga, pré-candidato à Prefeitura de João Pessoa. Dois títulos de cidadão foram aprovados em homenagem a Bolsonaro e ainda não foram entregues a ele.

O vice-presidente do PL, o vereador Carlão Pelo Bem, pretende entregar a Bolsonaro o título de cidadão pessoense aprovado pela Câmara Municipal no ano de 2019. O título foi apresentado por Carlão em 2018, quando Bolsonaro ainda era deputado federal, e foi aprovado em uma sessão repleta de discussões e polêmicas entre os vereadores. A proposta passou com 12 votos favoráveis, três contrários e duas abstenções.

Vamos aproveitar a oportunidade e entregar para ele, com muita alegria, um projeto de lei, de nossa autoria, que foi o presidente que mais fez pelo Nordeste, disse Carlão em resposta à CBN João Pessoa.

O pano de fundo da eventual visita de Bolsonaro é a pré-candidatura de Marcelo Queiroga à Prefeitura de João Pessoa. “A vinda dele vai dar um impulsionamento, não só aos ideais conservadores, mas também à pré-candidatura de Marcelo Queiroga”, avaliou o vereador.

O deputado estadual Wallber Virgolino (PL) confirmou à CBN João Pessoa que também planeja entregar a Bolsonaro o título de cidadão paraibano aprovado em 2022 na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). A aprovação, ocorrida em dezembro de 2022, foi uma proposta dele e do deputado federal Cabo Gilberto, depois que Bolsonaro perdeu a campanha à reeleição para o presidente Lula (PT).  A proposta obteve um placar de 12 votos a favor e 11 contra.

Apesar da expectativa dos aliados para a visita de Bolsonaro, o martelo ainda não foi batido. A reportagem da CBN João Pessoa apurou que Marcelo Queiroga deve viajar a Brasília para ajustar os detalhes dessa agenda, que ainda precisa ser encaixada no calendário do ex-presidente, já que Bolsonaro tem outros compromissos previstos para depois do Carnaval, incluindo visitas a outros estados do país. Em dezembro do ano passado, o ex-presidente visitou o Rio Grande do Norte, estado vizinho à Paraíba, em agenda preparatória do PL para as eleições de 2024.