Angélica Nunes
Laerte Cerqueira

João Pessoa mantém feriado de São João, fecha praias no fim de semana e isola Largo de Tambaú

Por LAERTE CERQUEIRA e ANGÉLICA NUNES

Foto: Clara Rezende/G1

A prefeitura de João Pessoa vai divulgar ainda hoje (17) um novo decreto com medidas restritivas para tentar conter o avanço da Covid-19 na capital. Conforme apurou o Conversa Política, ele mantém o feriado de São João e segue boa parte das flexibilizações já previstas no decreto estadual.

Como havia antecipado o Conversa Política, o decreto é mais flexível, com bares e restaurantes funcionando até 21h todos os dias, mas limitado a 30% da capacidade. Neste ponto, segue decreto estadual.

Uma das novidades está na região da orla. O ‘Largo de Tambaú’ ficará fechado nos próximos dois fins de semana, em todos os horários. De segunda a sexta-feira, será isolado, entre 17h e 5h, para evitar a permanência e circulação de pessoas.

Praias

De acordo com o texto, a permanência nas praias durante os próximos dois fins de semana (19, 20 e 26, 27) está proibida. Frequentadores não podem usar guarda-sóis nem cadeiras e ambulantes também não poderão permanecer no local.

A diferença está durante a semana, quando as praias estarão abertas. Será permitido o uso de cadeiras e guarda-sóis e a presença de vendedores, desde que respeitado o distanciamento.

A Orla da capital ficará aberta para atividades físicas individuais ou em dupla, bem como parques e praças. Não serão permitidas atividades coletivas que gerem aglomeração.

Feriado

A prefeitura de João Pessoa não suspendeu o feriado de São João, como fez o governo do estado, mas não dará ponto facultativo no dia 25, sexta-feira, para evitar o “feriadão”. Uma lei municipal institui o dia 24 como feriado.

Veja também  Festa da Luz 2022: MP recomenda que prefeito cancele evento devido à pandemia

As fogueiras e os os fogos estão proibidos, conforme prevê uma lei municipal.

Músicos em bares

O novo decreto vai permitir a presença de quatro músicos em apresentações de bares e restaurantes, com distanciamento e protocolos. No decreto anterior eram permitidos apenas três.

Os bares, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência e estabelecimentos similares somente poderão funcionar com atendimento nas suas dependências das 06h até 21h, com ocupação de 30% da capacidade do local, com
quantidade máxima de 8 pessoas por mesa.

Academias e celebrações religiosas

As academias de ginástica também estão autorizadas a funcionar como 30% de ocupação.

As celebrações religiosas podem voltar a ocorrer de maneira presencial nos fins de semana, com limitação de 30% da capacidade do local. A atividade com a presença de fiéis estava proibida nos últimos sábados e domingos.

O decreto começa a valer no próximo sábado (19) e vai até o dia 02 de julho.

Mais cedo o governo do estado divulgou um novo decreto com medidas similares, mas suspendeu o feriado estadual de São João.

Toque de recolher

Dentre os pontos em que não haverá mudança em relação ao decreto anterior está a manutenção do toque de recolher, da meia noite até às 5h do dia seguinte. A medida é válida do dia 19 de junho a 2 de julho. No período, as pessoas não poderão circular pelas vias públicas.

Os serviços de transporte público vão continuar podendo funcionar até 23h, com os motoristas e cobradores autorizados a realizarem o deslocamento dos ônibus para a garagem, até 23h30.