Angélica Nunes
Laerte Cerqueira

João Pessoa terá Natal Iluminado com atrações por 34 dias, anuncia secretário de Turismo

Por ANGÉLICA NUNES e LAERTE CERQUEIRA 

 

Foto: divulgação/Secom-JP

O trade turístico tem aguardado com grande expectativa a retomada do turismo em João Pessoa. Um calendário com ações para 2022 já está sendo finalizado pela prefeitura da capital. Mas, o secretário de Turismo, Daniel Rodrigues, em entrevista à CBN João Pessoa, hoje (30), disse que a retomada será antecipada com a realização de um Mega Natal de 34 dias, no moldes do realizada pela gaúcha Gramado.

Segundo Daniel, a cidade será toda iluminada, desde a orla da capital, subindo a Epitácio Pessoa, passando pela Praça da Independência até chegar ao Parque Sólon de Lucena, a Lagoa. O secretário promete uma decoração mais impactante e com uma série de eventos ao longo desse trajeto, no período de 3 de dezembro a 5 de janeiro.

O projeto será executado através de parcerias público-privada.

“Teremos atrações, teatro, cultura. Isso vai incluir as empresas que estão na Epitácio Pessoa, inclui o Colégio Marista Pio X, que está no nosso projeto. Vai ser um projeto belíssimo que João Pessoa vai ganhar, com impacto de R$ 80 milhões para o turismo e geração de 4,5 mil empregos, dentre os diretos e indiretos”, disse.

A expectativa do secretário é que as parcerias consigam criar o Fundo do Turismo, que não existia. Através delas a prefeitura terá condições de financiar eventos com recursos próprios.

Veja também  Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba “bate” metas do CNJ em 2021

Calendário 2022

Após o Natal, a prefeitura deverá dar continuidade com ações para estimular a vinda de turistas para a cidade. No pacote estão inclusos o Verão de João Pessoa (já ‘vendido’ para o Brasil como o Melhor Verão do Mundo), o Folia de Rua, o Carnaval e também uma prévia junina.

“Em junho pretendemos fazer um grande evento religioso. O mais importante é que estamos tendo o cuidado para que ele seja qualitativo e não quantitativo porque não queremos que João Pessoa perda essa característica de cidade tranquila”, disse o secretário.

Ouça a entrevista na íntegra: