Angélica Nunes
Laerte Cerqueira

Prefeito proíbe show e impõe ‘toque de recolher’ após alta da Covid-19, na Paraíba

Decisão de recuar com flexibilização foi tomada após aumentos de casos no município.

Foto: divulgação
Foto: divulgação

Apesar do cenário aparentemente controlado da pandemia da Covid-19, o município de Santa Terezinha, no Sertão paraibano, acendeu o ‘sinal amarelo’ das autoridades. Em um novo decreto, em vigor desde ontem (10) até o dia 20 de novembro, o prefeito José Arimatéia resolveu recuar na flexibilização e adotar medidas restritivas como a proibição da realização de shows e atividades presenciais.

O prefeito também estabeleceu ‘toque de recolher’ na cidade, no período das 23h às 5h. Fora desse horário, a  população só pode sair de casa para atividades essenciais.

As suspensões das atividades também atingem os campos de futebol, escolinhas de futebol, as quadras ou ginásios de esportes, situadas na zona urbana e rural; o funcionamento de circos, casas de festas, eventos em área de lazer; além da realizações de eventos sociais, congressos, seminários, conferências, shows artísticos, feiras comerciais, feiras livres e similares, em todo o território municipal.

Veja também  João anuncia congelamento do ICMS sobre combustíveis por mais 60 dias na Paraíba

Ao determinar as medidas restritivas, o prefeito ponderou que houve um agravamento do cenário epidemiológico nos último dias na cidade, que, mesmo com o avanço da vacina, está com 48 casos ativos de contaminação pela Covid-19. “É dever do Poder Público municipal adotar medidas para contenção do avanço da disseminação da Covid-19″, destaca o gestor.

 

>> Confira aqui o decreto com medidas restritivas em Santa Terezinha