Angélica Nunes
Laerte Cerqueira

Prefeito de Cabedelo anuncia pagamento do piso nacional para a Educação em 2022

Vitor Hugo disse que, nos próximos dias, serão anunciados reajustes para a Saúde, Guarda Municipal e demais categorias que compõe a administração municipal. 

Prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo (DEM). Foto: Vitor Hugo/Reprodução
Prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo (DEM). Foto: Vitor Hugo/Reprodução

O Prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo Castelliano (União Brasil), anunciou, nesta quarta-feira (19), que vai pagar o Piso Nacional para a Educação. Segundo ele, o projeto aguarda a definição do Ministério da Educação (MEC) com relação aos valores que serão pagos. De acordo com portaria do Ministério da Educação, a estimativa é que o reajuste seja de 33,11%, deixando a remuneração básica em R$ 3.845,34.

Vitor Hugo também anunciou que, nos próximos dias, serão anunciados reajustes para a Saúde, Guarda Municipal e demais categorias que compõe a administração municipal. A porcentagem dos aumentos será definida após estudo do impacto financeiro para o exercício 2022.

“O pagamento do Piso Nacional é um direito merecido pelos servidores que trabalham diariamente para a construção do futuro das nossas crianças e adolescentes. Fico muito feliz com o êxito de uma gestão que hoje tem fôlego financeiro para anunciar esse pagamento e os reajustes para as demais categorias que será anunciado em breve. Cabedelo vive novos e melhores tempos e isso também deve ser refletido e voltado aos servidores que tanto lutam para uma cidade cada vez melhor”, finalizou Vitor Hugo.

Veja também  Wallber quer CPI para investigar privatização dos serviços de água e esgoto em Santa Rita

Secretários

A medida foi anunciada no mesmo dia em que a Câmara Municipal aprovou o aumento do salário dos secretários municipais de Cabedelo em 20%. Após a sanção do prefeito, os salários dos auxiliares subiram de R$ 10 mil a R$ 12 mil. Também foi aprovada a recomposição da gratificação de de quatro cargos comissionados que têm status de secretários e terão o salário reajustado de R$ 6 mil a R$ 12 mil.

Na  mesma sessão foi aprovada, ainda, a recomposição do salário mínimo dos servidores do município ao novo piso nacional de R$ 1,2 mil.