Angélica Nunes
Laerte Cerqueira

Prefeitura anuncia reajuste escalonado de 31,5% para professores de João Pessoa

O sindicato da categoria questiona que o percentual descumpre o piso nacional da categoria para 2022 e agenda assembleia.

Foto: Secom/JP
Foto: Secom/JP

A Prefeitura de João Pessoa apresentou uma nova proposta de reajuste de 31,5% para professores e especialistas da gestão municipal, sendo 15% sobre os vencimentos e outros 16,5% em forma de abono. O pagamento será feito de modo escalonado até o fim do ano.

A proposta anterior era de 15% de reajuste, sendo 10% em aumento linear para todos os trabalhadores da educação e mais 5% em forma de abono.

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Município (Sintem) ainda não ficou satisfeito com a proposta porque ela está abaixo do piso nacional definido ontem (28) pelo governo federal, fixado em 33,24% para 2022.

O presidente de Sintem-JP, Daniel Assis, convocou para o dia 4 de fevereiro uma assembleia extraordinária para articular providências. A categoria também quer que o reajuste também seja concedido aos prestadores de serviço.

Ao Conversa Política, o secretário de Articulação Política de João Pessoa, Diego Tavares, disse que aguarda o aceno da categoria à proposta apresentada e que vai se reunir com a gestão para discutir sobre o novo piso anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro, que ainda não foi formalizada em lei.

Proposta

Na proposta, a cada mês, o índice de 1,5 ponto percentual será incorporado aos salários somando 31,5% até dezembro deste ano. O abono de 16% será pago de forma escalonada da seguinte forma:

  • Janeiro – 16,5%
  • Fevereiro – 15%
  • Março – 13,5%
  • Abril – 12%
  • Maio – 10,5%
  • Junho – 9%
  • Julho – 7,5%
  • Agosto – 6%
  • Setembro – 4,5%
  • Outubro – 3%
  • Novembro – 1,5%

Para os docentes aposentados, a proposta da Prefeitura é de 15% de reajuste em janeiro e a cada mês será acrescido 1,5%, chegando ao mesmo índice daqueles docentes que estão na ativa em dezembro.

Veja também  Câmara de Paulista desiste de projeto que previa mais de 100 dias de férias para vereadores

Já para os demais trabalhadores da Educação, foi oferecido um reajuste de 10% nos vencimentos.

 

Confira a nota:

COMUNICADO AO SINTEM

Prezados,

Em um gesto de valorização e reconhecimento com todos os trabalhadores da Educação, estamos oferecendo aumento para todas as categorias da Rede de Ensino Municipal.

Para os docentes e especialistas, a PMJP está oferecendo 31,5% (trinta e um vírgula cinco por cento) de aumento. Este percentual corresponde a 15% sobre os vencimentos e 16,5% em forma de abono. A cada mês o percentual de 1,5% será incorporado aos vencimentos somando 31,5 em dezembro de 2022. Para os servidores aposentados a proposta é de 15% de reajuste em janeiro e a cada mês será acrescido mais 1,5%, chegando ao mesmo percentual dos docentes da ativa em dezembro de 2022. Os servidores desse grupo que estejam na ativa terão também um reconhecimento através de abono. De janeiro até o mês de novembro de 2022, sendo 16,5%, no mês de janeiro, 15% no mês de fevereiro, 13,5% no mês de março, 12% no mês de abril, 10,5% no mês de maio, 9% no mês de junho, 7,5% no mês de julho, 6% no mês de agosto, 4,5% no mês de setembro, 3% no mês de outubro e 1,5% no mês de novembro correspondentes ao valor dos vencimentos do mês de dezembro de 2021 de cada servidor.

Para os demais servidores da Educação serão concedidos 10% (dez por cento) de aumento.

Fica demonstrado neste gesto a disposição do Executivo Municipal de dialogar de maneira respeitosa e responsável com os representantes sindicais da categoria docente, atendendo, de maneira viável, suas demandas.

João Pessoa, 27 de janeiro de 2022.