João Paulo Medeiros

Depois de rejeitar audiência para comunidade LGBT, Câmara faz sessão sobre o Dia do Designer de Interiores

Câmara voltou a se reunir e realizou uma sessão especial em alusão ao Dia do Designer de Interiores.

Câmara de Campina Grande
Foto: reprodução

Semana passada publiquei aqui no Blog uma decisão da Câmara de Vereadores de Campina Grande que rejeitou, por maioria, a realização de uma audiência pública para discutir políticas públicas para a comunidade LGBT. Naquela oportunidade, o líder do Governo e vereador Alexandre do Sindicato (PSD) orientou a bancada a votar contra o requerimento, sob a justificativa – entre outros pontos – de que a ‘Casa’ deveria priorizar a análise dos projetos em andamento.

Pois bem.

Hoje, no retorno do ‘feriadão’, a Câmara voltou a se reunir e realizou uma sessão especial em alusão ao Dia do Designer de Interiores.

Veja também  Candidaturas laranjas: Justiça julga improcedentes Aijes que pediam cassação de vereadores em Campina

Não que a pauta e a profissão não sejam importantes. Longe disso! Esses profissionais são importantíssimos e merecem ter visibilidade, assim como as demais profissões.

Mas é injustificável que a mesma ‘Casa’ que reprova a discussão sobre políticas públicas para a comunidade LGBT abre espaço, dias depois, para debater um tema inerente a uma categoria profissional.

O requerimento para a sessão especial de hoje foi apresentado no dia 20 de agosto pelo vereador Luciano Breno (Progressistas). No dia 1º de setembro foi aprovado.

Foto: reprodução

Durante a sessão, houve protesto. Defensores do movimento LGBT cobraram, e com razão, mais espaço no Legislativo.