João Paulo Medeiros

Negacionistas espalham cartazes contra vacina da covid-19 em viaduto de Campina Grande

Cartazes comparam seringas usadas na vacinação com armas

Foto: Blog Pleno Poder
Foto: Blog Pleno Poder

Aos poucos as mortes, internações e os números da pandemia têm diminuído no país. A redução observada acompanha uma curva ascendente no avanço da vacinação. Na Paraíba hoje mais de 60% da população já estão imunizados com as duas doses.

Mesmo assim, a estupidez e o negacionismo de alguns, na tentativa de desestimular a vacinação e as medidas de isolamento social, insistem em promover um debate já superado.

No viaduto de Campina Grande, no Centro da cidade, negacionistas espalharam cartazes contra a vacinação da covid-19. A imagem mostra uma pessoa com uma arma, em forma de seringa, sob a cabeça. É possível encontrar cartazes semelhantes em vários pontos.

Veja também  Governo publica tabelas com salários e bolsa desempenho das forças de Segurança; veja os valores em 2022

“Rebele-se enquanto ainda pode”, diz o cartaz.

A exposição do material provoca poluição do Meio Ambiente e é um desserviço, gigantesco, para uma sociedade já combalida por perdas, sofrimento e pela desinformação disseminada na pandemia.

É um negacionismo sem ‘filtros’, sem empatia com o próximo e sem lógica alguma.