João Paulo Medeiros

Famup pede que prefeitos não promovam festas de carnaval na Paraíba

Recomendação tem por base o avanço da ômicron e da gripe H3N2 no Estado

Foto: divulgação
Foto: divulgação

Semelhante ao que aconteceu no réveillon, a Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) tem recomendado que as prefeituras paraibanas não realizem festas de carnaval este ano. O pedido tem por base, claro, o recrudescimento da pandemia e a elevação dos casos de internações motivada pela variante ômicron.

A recomendação vale para todos os municípios paraibanos.

Na avaliação da entidade, é preciso agir de modo a avançar e não retroceder no trabalho de combate à covid-19.

“Pedimos cautela a todos os gestores, pois estamos vendo um aumento no número de casos de covid-19 e também da gripe H3N2. Não podemos retroagir e ter um aumento no número de internações e mortes”, observou o presidente da Famup, George Coelho.

Veja também  Frei Anastácio e Anísio Maia anunciam apoio a Rangel Júnior para o Senado

Várias cidades já anunciaram o cancelamento do carnaval de rua, como no caso de João Pessoa – por exemplo. Um levantamento mostra que mais de 45 já adotaram medida semelhante no Estado.

O pedido feito pela Famup é acertado.  A realidade de crescimento dos casos de covid, infelizmente, não pode ser desconsiderada. Aglomerações, nesse período, precisam ficar em segundo plano.