João Paulo Medeiros

Efraim acena para Pedro Cunha Lima e pode reeditar ‘dobradinha’ de 2002

Durante comemoração de aniversário, Efraim disse que não vai vincular candidatura ao apoio a Lula

Foto: Maurílio Júnior
Foto: Maurílio Júnior

Se não for o escolhido para disputar o Senado na chapa do governador João Azevêdo (PSB), o deputado federal Efraim Filho (União) já tem um destino certo. Integrará a chapa do pré-candidato ao Governo Pedro Cunha Lima, do PSDB.

Hoje pela manhã, durante o evento que comemorou os seus 43 anos, Morais voltou a dizer que o seu projeto é irreversível e que será candidato ao Senado de um lado ou de outro.

Se isso acontecer, Morais e Cunha Lima reeditarão uma ‘dobradinha’ feita há 20 anos, quando o ex-senador Cássio Cunha Lima foi eleito governador do Estado, em 2002, e Efraim Morais (pai) acabou sendo eleito para o Senado.

Com receio de perder terreno e bases para a disputa, Efraim (o Filho) avisou que a definição sairá nas próximas semanas.

O cenário, nesse instante, não é favorável para uma conciliação de Morais e Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) numa mesma base. Aguinaldo tem a seu favor o comando da maior prefeitura do Estado, João Pessoa, e se encaixa em um dos critérios estipulados por Azevêdo para formação da chapa: deverá ser eleitor do ex-presidente Lula (PT). Portanto, não abdicará de concorrer ao Senado.

Veja também  Veneziano espera Lula na Paraíba em julho

Adversário histórico de Lula, Morais disse hoje que não irá “vincular” a sua candidatura a outros projetos. Ou seja: vai seguir o entendimento que for adotado pelo União Brasil nacionalmente.

Nas contas feitas durante o seu aniversário, Efraim contabilizou o apoio de 125 prefeitos e exibiu as presenças dos deputados Hugo Motta (Republicanos), Wilson Santiago (Republicanos) e Adriano Galdino (Republicanos).

Na calculadora da política, há quem diga que ele perderia boa parte dos prefeitos, mas manteria uma base mais próxima e seria reforçado pelo grupo Cunha Lima, em Campina Grande. A ‘dobradinha’ estaria, dizem, sendo novamente gestada.