João Paulo Medeiros

PMCG lamenta greve anunciada pelo Sintab e diz que concedeu mais progressões que acumulado em 16 anos

Servidores anunciaram que irão paralisar atividades a partir de segunda-feira

Prefeitura de Campina Grande – Foto: Divulgação
prefeitura campina grande
Prefeitura de Campina Grande – Foto: Divulgação

A prefeitura de Campina Grande divulgou há pouco uma nota sobre a greve geral anunciada pelos servidores públicos municipais. A gestão lamentou a decisão do Sintab, que promete paralisar as atividades a partir da próxima segunda-feira (06).

Segundo a prefeitura, em pouco mais de um ano “foram consolidadas mais (progressões funcionais) do que todo o acumulado nos últimos 16 anos no Município”.

“Em termos práticos, nos anos de 2020 e 2021, por força da Lei Complementar 173, o Município ficou impedido de implantar a atualização salarial. Este ano, já está em processo avançado de estudos, o reajuste referente à data-base será anunciado em breve”, assinala a nota.

Entre as reivindicações da categoria estão o cumprimento de PCCRs e a efetivação da data-base dos servidores.

Sem acordo entre a PMCG e o Sintab, é bem provável que o tema seja judicializado.

Confira a nota da PMCG na íntegra:

A Prefeitura de Campina Grande, a respeito da informação de uma possível paralisação dos servidores municipais na próxima segunda-feira, 6, vem a público apresentar os seguintes fatos, para reflexão da categoria e da sociedade, em relação a cada um dos pontos da nota publicada:

  • – Sobre as progressões funcionais. Em pouco mais de um ano da atual gestão, foram consolidadas mais do que todo o acumulado nos últimos 16 anos no Município.
  • – Sobre a data-base. Em termos práticos, nos anos de 2020 e 2021, por força da Lei Complementar 173, o Município ficou impedido de implantar a atualização salarial. Este ano, já está em processo avançado de estudos, o reajuste referente à data-base será anunciado em breve.
  • – A Comissão de Revisão do PCCR da Saúde, instalada desde janeiro deste ano, com integrantes da Prefeitura e do Sintab, vem analisando os processos de progressão da pasta. Só da Secretaria de Educação, comissão similar já aprovou 247 progressões este ano. No âmbito da Secretaria de Administração, foi viabilizado um total de 81.
  • – Em relação às convocações de servidores concursados, importante destacar que mais de 160 profissionais de saúde só no primeiro ano de gestão, além de 172 para a Educação. Esta semana, ainda, o prefeito Bruno Cunha Lima anuncia um novo pacote de novas contratações no Município.
  • – Lamentamos que, em pleno ano eleitoral e com disputa interna pela sucessão no Sintab, o sindicato crie pautas ao sabor das conveniências, levando a categoria e a sociedade à cultura da desinformação e da distorção dos fatos.
Veja também  Em Campina Grande: Justiça determina ‘rodízio’ em propaganda de rua e distância mínima entre comícios