Falta quórum na Câmara de Campina Grande pela segunda vez na mesma semana

A sessão de ontem da Câmara de Campina Grande foi, mais uma vez, meteórica. Relâmpago. Não houve quórum suficiente para garantir a continuidade dos trabalhos. Foram poucos os vereadores presentes em Plenário no horário regimental.

O fato parece notícia repetida, mas infelizmente não é.

Na terça desta semana o mesmo cenário, de ausência de vereadores em Plenário, havia ocorrido.

Obviamente muitos dirão que o trabalho do vereador não se resume à presença nas sessões. É fato. Mas a participação é fundamental, sobretudo considerando a ‘carga’ semanal de trabalho.

A ‘Casa’ realiza sessões ordinárias três vezes por semana: às terças, quartas e quintas. Um sonho para o cidadão comum que trabalha, muitas vezes, de domingo a domingo.

O problema não é de hoje e conta com a benevolência da Mesa Diretora. Não há notícias de corte no ponto dos faltosos.

Não faltou quórum, porém, na semana passada, quando os vereadores se reuniram para aprovar o segundo aumento nos próprios salários de 2023. 

Essa semana os vereadores decidiram ‘esticar’ o recesso junino. Um desleixo. Um absurdo. Algo que demonstra a falta de conexão da Câmara com o cotidiano campinense.

Veja vídeo da sessão