Operação Bleeder: Polícia Federal cumpre mandados em João Pessoa e Patos

Obras investigadas totalizam R$ 79 milhões

Agentes da Polícia Federal cumprem hoje pela manhã mandados de busca e apreensão em João Pessoa, Patos e na cidade de Juazeiro do Norte, no Ceará. O objetivo é ampliar a coleta de documentos e provas no âmbito de uma investigação que mira a execução de obras hídricas no Estado.

O ‘esquema’ começou a ser descoberto a partir da Operação Recidiva.

Nesta fase, a operação visa, além de ressarcir ao erário os valores pagos indevidamente, apurar a utilização de laranjas na constituição de empresas que eram usadas para executar as obras públicas.

Durante as investigações foram identificados indícios de fraudes licitatórias, direcionamentos de contratos, contratações de empresas sem capacidade operacional, execução de obras de má qualidade e existência de sobrepreço e superfaturamento.

Conforme levantamento feito pela CGU, as obras investigadas totalizam R$ 79 milhões, tendo sido constatados indícios de sobrepreço e superfaturamento de R$ 13,3 milhões e 8,2 milhões, respectivamente.

Outros detalhes da investigação

A Operação Bleeder teve início a partir de uma colaboração premiada e da descoberta de um grupo, no WhatsApp, em que os integrantes discutiam o ‘rateio’ e os detalhes de licitações de obras hídricas a serem executadas no Estado. O grupo era denominado de ‘Os 3’, conforme o MPF.

Confira aqui informações da primeira fase