Alice Carvalho fala sobre participação em Renascer, novela da Globo

Atriz fenômeno em ‘Cangaço Novo’, Alice Carvalho interpreta Joaninha em Renascer.

Alice Carvalho está em Renascer, novela da Globo | Reprodução/Instagram

A atriz potiguar Alice Carvalho é uma das nordestinas no elenco de Renascer, novela das 9h da Globo. Ela falou sobre a expectativa para o trabalho e contou um pouco mais sobre a história de sua personagem, Joaninha.

Alice Carvalho ficou nacionalmente conhecida após protagonizar a série Cangaço Novo, do Amazon Prime Video. Depois da série, ela gravou a novela “Guerreiros do Sol“, que deve estrear no Globoplay em 2025.

Agora, Alice terá uma personagem em Renascer, remake do clássico de Benedito Ruy Barbosa. O convite para interpretar Joaninha, casada com Tião Galinha (Irandhir Santos), veio ainda em 2023.

Eles me pediram pra fazer um textinho e eu com um frio na barriga porque é uma responsabilidade muito grande! Um remake vem logo com uma cobrança de ser boa (…) É um marco na minha carreira fazer um texto original de Benedito Ruy Barbosa adaptado pelo neto dele, é estar dentro da televisão tomando um suco da essência pura do que foi ela”, disse Alice Carvalho.

Alice explica que a pesquisa para a personagem foi para “um mergulho na lama”, já que Joaninha é catadora de caranguejo. Na primeira versão da novela, a personagem foi interpretada por Tereza Seiblitz.

Para a atriz, a personagem Joaninha oportuniza um mergulho “no Brasil profundo”.

A pesquisa pra ela está sendo um mergulho na lama, como boa catadora de caranguejo que ela é (…) É um mergulho nesse Brasil profundo das pessoas invisíveis, na identidade de pessoas que muitas vezes não tem nem RG, então é um retrato de uma mulher que existe mas que é pouco retratada”, explica.

Alice diz ainda que recebeu a personagem como uma “missão”, já que vai mostrar ao Brasil uma realidade ainda presente na vida de milhares de pessoas. E reitera que, assim como muitas brasileiras, mesmo com todas as dificuldades Joaninha encara a vida com alegria.

Recebo [Joaninha] como uma missão falar dessa trabalhadora, dessa mãe, dessa cuidadora, mas mais ainda dessa mulher que quer levar a vida em alto astral (…) É um lugar novo, nessa vida tão dura e tão difícil e ela ser esse sorriso aberto, e vai de mãos dadas com Tião até onde a história permitir, em busca desse sonho de ter uma terrinha pra ter o direito de viver sua vida em paz”, relata Alice Carvalho.

Alice Carvalho
Alice Carvalho em entrevista | Foto: Reprodução

Alice também afirma que a alegria tem superado o nervosismo de contracenar com grandes nomes da teledramaturgia, como Vladimir Brichta, Irandhir Santos e Camila Morgado.

Dei uma sorte tão grande! São colegas maravilhosos me recebendo de braços abertos. Vou ter uma troca muito consistente com irandi santos, meu parceiro, fizemos um trabalho juntos para Guerreiros do Sol, agora somos marido e mulher numa paixão atômica, no meio disso tudo tem Vladimir Brichta (…) estou muito ansiosa pra encontrar uma das minhas heroínas da TV brasileira que é Camila Morgado (…) Acho que é mais agradecimento que tenho sentido por ter me juntado a essas pessoas do que nervosismo, quando a alegria vem maior consegue colocar o nervosismo em segundo plano“, diz.

Representatividade

Alice Carvalho também falou sobre a importância de estar no remake de um dos grandes clássicos da teledramaturgia, em horário nobre. Para ela, estar nesse lugar é uma questão de representatividades enquanto nordestina.

A representatividade é muito importante quando ela vem carregada de ‘não sou só eu’, que eu não seja a última, que venham outras e outras meninas, meus pares. É um momento brilhante, sinto que a gente tem avançado bastante nessa discussão de corpos diversos ocuparem espaços dentro do horário nobre”, afirma.

Alice acredita que a participação cada vez maior de atrizes e atores nordestinos em novelas é uma “ferramenta de mudança social”.

É uma ferramenta muito importante de mudança social, contra a xenofobia, que infelizmente o povo nordestino como um todo sofre, contra a estereotipação… Acho que a televisão, quando decide fazer esse tipo de aposta, muita acertada como Renascer está fazendo, se compromete em ser um agente transformador do Brasil de hoje e a criar um terreno fértil pra o brasil de amanhã”, finaliza.