Paraíba recebe nesta segunda-feira (12) lote de 37.040 doses de vacina contra a dengue

São 14 municípios paraibanos que receberam as doses neste primeiro momento.

Frascos da vacina Qdenga (Foto: Rogério Vidmantas/Prefeitura de Dourados)

O primeiro lote de vacina contra a dengue chegou na Paraíba nesta segunda-feira (12). São 37.040 doses enviadas pelo Ministério da Saúde que foram recebidas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) às 15h. A carga será distribuída para os municípios na próxima quinta-feira (15).

Foram 14 os municípios paraibanos selecionados como prioritários para começar a imunização imediatamente. Neste primeiro momento, ela é destinada para crianças de 10 e 11 anos.

O Ministério da Saúde definiu também a carga destinada a cada município, respeitando de forma proporcional as populações de cada um. São 21.938 doses para João Pessoa, 4.577 para Santa Rita, 2.379 para Bayeux, 1.924 para Cabedelo, 1.475 para Sapé, 905 para Conde, 732 para Caaporã, 688 para Alhandra, 583 para Mari, 541 para Pitimbu, 514 para Cruz do Espírito Santo, 384 para Lucena, 252 para Sobrado e 145 para Riachão do Poço.

Ao todo, dez estados foram selecionados como prioritários e vão receber as doses iniciais. Os outros estados são Maranhão, São Paulo, Amazonas, Distrito Federal, Goiás, Bahia, Acre, Rio Grande do Norte e Mato Grosso do Sul. O lote inicial tem 712 mil doses, distribuídas entre 315 municípios.

O público alvo da vacinação é de crianças e adolescentes entre 10 e 14 anos. Mas devido ao baixo número de doses já disponibilizadas, a imunização começa pelas crianças de 10 e 11 anos. Ela, no entanto, vai avançar de forma progressiva assim que novos lotes forem entregues pelo laboratório fabricante.

O público-alvo foi definido entre os conselhos representantes dos secretários de saúde estaduais e municipais, seguindo recomendação da Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização (CTAI) e da Organização Mundial de Saúde (OMS).

O início da vacinação por essa faixa etária mais reduzida é uma estratégia que permite que mais municípios recebam as doses neste primeiro momento.