Saúde Alerta

André Telis

Entenda o impacto do envelhecimento na saúde do coração

O infarto do miocárdio é mais frequente em homens a partir dos 55 anos e nas mulheres após 65.

Tecnologia foto criado por pvproductions – br.freepik.com

Antes de mais nada, o envelhecimento acelera  as doenças do coração.

A incidência de doenças cardiovasculares aumenta com o envelhecimento e representam importante causa de morbidade, mortalidade e pior qualidade de vida em idosos.

À medida que as pessoas envelhecem, o coração tende a aumentar suas paredes ficam mais musculosas.

O impacto do envelhecimento no coração é mais importante no coração dos homens. De um modo geral, o infarto do miocárdio é mais frequente em homens a partir dos 55 anos e nas mulheres após 65.

Imagine que nosso sistema cardiovascular é semelhante a um sistema de tubulações de uma casa.  A maior parte das tubulações antigas, que possuem mais de 30 anos, são feitas de ferro.

Ao passo que a pressão aumenta, a água provoca na tubulação uma espécie de cristalização que resulta na obstrução parcial (e até mesmo total) do encanamento.

Para compensar tais obstruções, a companhia passa a fornecer a água pode aumentar a pressão.

Conforme isso ocorre,   as juntas e conexões dessas tubulações acabam sendo exigidas além de sua capacidade e vazam; muitas vezes esse vazamento é relativamente pequeno, porém é preciso pensar que isso não ocorre em apenas um local, mas sim em vários, portanto torna-se fácil ver porque esse é um dos principais causadores do desperdício de água.

No sistema cardiovascular acontece algo semelhante

Como as artérias se tornam mais duras à medida que a pessoa envelhece, elas não conseguem relaxar durante o bombeamento de sangue e a um aumento progressivo da pressão do sangue. Portanto, nos idosos é comum que haja pressão arterial mais alta, principalmente a pressão sistólica.

Ou seja, um sistema com mais pressão tende a desgastar e entupir seus canos com maior rapidez, provocar vazamentos e levar a um colapso do sistema.

Envelhecimento acelera  as doenças do coração: como prevenir

Muitos dos efeitos do envelhecimento sobre o coração e os vasos sanguíneos podem ser reduzidos pela prática regular de exercícios. Assim sendo, a prática de exercícios ajuda a manter a capacidade cardiovascular e a forma física conforme as pessoas envelhecem. Além disso, a prática de exercícios é benéfica, independentemente da idade em que é iniciada.

Também com a redução do consumo de sal e gorduras saturadas, controle do peso e a cessação do tabagismo são fatores primordiais para preservar a saúde de todo seu sistema cardiovascular.

André Telis é médico, professor da UPFB e colunista do Jornal da Paraíba.
André Telis é médico, professor da UPFB e colunista do Jornal da Paraíba.